09 - Os Perseguidos

Esta última bem-aventurança é tão contrária à natureza humana que se torna difícil entender do que ela trata, a não ser que seja vista pela ótica de Deus. À medida em que ler esta Palavra, você mudará a sua atitude em relação a um envolvimento com Deus, à perseguição e vergonha eem relação a ser uma pessoa estranha, tão diferente que se distingue numa multidão, atraindo o ódio, o rancor e a ferocidade das outras. Você vai desejar ser essetipo de pessoa.

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós” - Mateus 5:10-12.  Como podemos nos alegrar sendo completamente  rejeitados pelo mundo? Como isso poderia nos alegrar ? E por que isso nos deveria alegrar?

Nesta bem-aventurança, ser absolutamente rejeitado pelo mundo é motivo de suprema alegria. Precisamos perceber a diferença entre o pensamento do Senhor e o nosso. O pensamento das pessoas tende a um ajustamento ao meio e a busca de uma aceitação geral do mundo. O quadro oposto nesta bem-aventurança deve ser motivo de grande alegria.

A psiquiatria moderna tenta ajudá-lo a se ajustar ao seu meio e à sua própria natureza. Em vez de tentar mudá-lo, ela lhe mostra que você não deve ficar confuso por agir como um diabo, pois realmente você é um diabo e, portanto, você deve aceitar a idéia de ser um diabo. Esta é toda a psicologia da psicologia. Ela não reconhece Deus porque não tem provas de que Ele existe. Na verdade, a psicologia é uma ciência de nome inadequado, pois psicologia quer dizer “ciência da alma” e, no entanto, os cientistas não crêem que haja uma alma. Assim sendo, a psicologia é uma ciência de algo que os psicólogos não acreditam que exista. Atualmente,  muitos médicos proeminentes têm rejeitado a psicanálise devido ao fato de que duas, entre três pessoas têm se beneficiado dela, enquanto que três entre quatro pessoas com o mesmo tipo de opressão mental se recuperam sem nenhum tratamento.

Os psicanalistas dizem: “Ajuste-se ao seu meio; ajuste-se ao mundo.” Eles encorajam a pessoa a ajustar-se à sua natureza animal, a seus caprichos, às suas dependências e a aprender a viver com estas coisas razoavelmente bem. Eles querem que a pessoa  se ajuste ao mundo que a cerca. Mas o Senhor fala da suprema bênção de ser alguém completamente rejeitado pelo mundo, completamente fora de compasso. O Senhor quer você no mundo, mas sem ser dele. Ele não quer vê-lo conformado a este mundo, mas quer vê-lo transformado.

Quando você for perseguido e rejeitado e tiver o mundo contra você, encare tudo como  um motivo para dar uma pirueta no ar e alegrar-se. Talvez você exclame: “Isso é loucura! Como uma pessoa pode ficar assim tão contente e feliz quando as pessoas a rejeitam?” É simples. O apóstolo Paulo disse: “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos” - II Timóteo 3:12. “Eles poderão ser perseguidos?” Não. Eles serão perseguidos porque o mundo perseguirá tudo que se originar da piedade. Assim, quando sua família não compreendê-lo, pensar que está louco e pressioná-lo, você saberá que Deus o ama e que você começou a caminhar com Ele. Quando caminhar com Deus, você sofrerá perseguição. Vista a perseguição com alegria. Ela é uma linda roupagem; significa que Deus tem feito algo dentro de você que o mundo, a carne e o diabo reconhecem. Eles reconhecem o que tem acontecido em você e começam a perseguí-lo, por causa do ódio amargo que eles têm disso.

Por que o Senhor diz: “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça”? Por que deveríamos ficar tão extasiados por estarmos sendo perseguidos? Uma passagem linda para explicar isto é João 15:18-25: Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário dele vos escolhi, por isso o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: Não é o servo maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Tudo isto, porém, vos farão por causa do meu nome, porquanto não conhecem aquele que me enviou. Se eu não viera, nem lhes houvera falado, pecado não teriam; mas, agora não têm desculpa do seu pecado. Quem me odeia, odeia também a meu Pai. Se eu não tivesse feito entre eles tais obras, quais nenhum outro fez, pecado não teriam; mas agora não somente têm eles visto, mas também odiado, tanto a mim, como a meu Pai. Isto, porém, é para que se cumpra a palavra escrita na sua lei: Odiaram-me sem motivo.”

Se você se tornar um canal através do qual Deus flui para o mundo, o mundo irá odiá-lo. Este não é um mundo que aceita  Deus. Há partes do mundo que aceitam a religião, mas não aceitam Deus. Muitas pessoas que se denominam cristãs são religiosas, mas, mesmo assim, não aceitam a Deus. O fato é que as pessoas não querem  Deus. O mundo odeia Cristo. Quer as pessoas estejam conscientes ou não, Jesus Cristo é o seu nome predileto de blasfêmia.

Filipenses 2:9-11: “Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Isto certamente elas farão, elas irão confessar que Jesus Cristo é Senhor, mas agora, irão odiá-lo quando você chegar a ponto de ser um canal de Deus para o mundo. Se elas odeiam Jesus, lhe odiarão. Se receberem Jesus, lhe receberão. Perseguiram Jesus e irão perseguí-lo. “Exultai”, disse Jesus, “porque assim perseguiram os profetas e o seu Mestre que foram antes de vós.” Foi assim que eles foram tratados e você também chegará a esse ponto de ser inteiramente rejeitado. É humano sentir-se abandonado e quase pensar: “É, talvez eles estejam certos; eu sou maluco, sou esquisito. Talvez eu esteja levando isso longe  demais.” Mas, no espírito, você sente outro testemunho bem diferente; você sabe que chegou ao que é verdadeiramente certo quando está pronto a  exultar e se alegrar por estar sendo perseguido.

A razão pela qual as pessoas o odeiam é que Deus está Se manifestando e elas odeiam a Deus. O Senhor Jesus Cristo está Se manifestando e elas odeiam a Jesus. Assim que você se tornar um canal puro pelo qual Deus Se manifesta, eles o odiarão. Qualquer um que viva piedosamente será perseguido e mal interpretado. Isso não deve ser motivo para você ficar arrasado; dê uma pirueta ou duas; dê um salto! Exulte. Não se preocupe, você está no caminho certo. Você está trilhando o caminho que Deus disse que você deveria trilhar. Ao fazer isso, você recebe um grande galardão; seu é o Reino dos céus. É GRANDE o vosso galardão nos céus. É por isso que você deve se alegrar.

“Ah, eu tenho sido tão mal interpretado.” Você não sabe o quanto tem acumulado no outro lado, apenas por estar sendo mal interpretado. Você não sabe quantas medalhas já ganhou, só por estar sendo perseguido e mal interpretado.

Uma senhora começou a caminhar com Deus e todos os seus amigos e familiares, com exceção de um, voltaram-se contra ela. Eles não entenderam o que aconteceu com a “mamãe” e pensaram que ela estivesse doida. Ela estava fazendo o que Deus lhe dissera, mas ao fazê-lo, sentia aquela sensação estranha: “Todos estão me rejeitando”, e realmente estavam. Isso era  bom? Sim, ela deveria ficar muito contente. Talvez você diga: “Ela estava se colocando numa posição em que nunca poderia alcançá-los”. Isso não é verdade. As pessoas o injuriarão num dia e jurarão por você no outro. No dia em que precisarem de Deus, elas se indagarão: “Quem era aquele canal por quem Deus estava fluindo? Vamos ver, preciso me lembrar. Quem era aquela pessoa em quem eu estava atirando pedras porque o Senhor estava fluindo através dela de forma tão linda?” Quando se lembrarem, elas virão dizendo: “Escute, estou com problemas. Você poderia orar por mim, poderia me ajudar?” Elas fizeram assim com os três hebreus (Daniel 3) e com Daniel (Daniel 6).

Sempre que você for inteiramente rejeitado, diga: “Aleluia, agora eu renunciei ao culto da personalidade. Não vou mais tentar ganhar amigos, influenciar pessoas e trazer convertidos para Jesus através do meu maravilhoso charme humano. Agora eu fui rejeitado. Não havia outro meio disso acontecer, a não ser pelo Espírito Santo; agora estou limitado a isso. Eu vou ganhar as pessoas  pelo Espírito Santo e ser apenas um velho e simples canal de Deus.” Quando a Igreja primitiva estava sendo perseguida, ela ganhou convertidos em todo aquele novo mundo, com mais rapidez do que em qualquer outra época.

Quando as perseguições vêm, as pessoas procuram umas poucas almas piedosas, dignas de perseguição, pedindo oração e respostas. Nós não sabemos o quanto estamos creditando para nós mesmos, quando nos tornamos canais de Deus, quando estamos sendo perseguidos e difamados. O Senhor acumula grande galardão para nós. Os dias de perseguição às vezes fazem com que até os irmãos se afastem. “Quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa, exultai e alegrai-vos.” O Senhor lhe confiará Sua autoridade na medida em que você estiver disposto a sofrer perseguição. II Timóteo 2:10 diz que, se sofrermos com Ele, também reinaremos com Ele.

Se você não atingiu esse ponto de dedicação ao Senhor em que você se dispõe a sofrer por Ele e a sofrer perseguição, então você não está pronto para que o Senhor lhe confie grande autoridade. Paulo disse: “Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós” - Romanos 8:18. É assim que funciona. Não tenha medo de sofrer.

Há dois sinais de filiação. O primeiro se encontra em Romanos 8:14: “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” O segundo em Romanos 8:17: “...herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se com Ele sofrermos, para que também com Ele sejamos glorificados.” Quando somos herdeiros, somos trazidos à plena filiação. Você pode pensar: “Eu prefiro ser guiado pelo Espírito de Deus do que sofrer.” Se você for guiado pelo Espírito, você sofrerá. Eu não me ajustaria a este mundo por nada que pudessem me oferecer, porque eu perderia toda a minha parcela no Reino.

A frase: “deles é o reino dos céus” encontra-se na primeira bem-aventurança:“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.” Esta frase se repete novamente na última bem-aventurança: “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.”

Deus simplesmente entrega o Reino àqueles que sofrem perseguição por causa da justiça. Os que estão dispostos a sofrer, são aqueles que Ele coloca para governar e reinar com Ele. São aqueles que Ele faz entrar no Seu próprio destino, que Ele torna em co-destino, para todos os que sofrem com Ele. “Se sofrerdes Comigo, reinareis Comigo.” Se você não está disposto a falar pelo Senhor e a ser perseguido, você não está pronto para essa promessa. Mas quando você finalmente ama ao Senhor, a ponto de nada lhe ser mais abençoado do que ser dedicado, consagrado e tão entregue ao Senhor que você não se importa mais com o que as pessoas pensam, então elas se levantam com grandes mentiras.

“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.” Você é bem-aventurado quando grandes mentiras vêm contra você. Grandes mentiras vêm de Satanás, que é mentiroso e pai da mentira (João 8:44). Ai daqueles que trazem grandes mentiras para deturpar e torcer o que Deus está fazendo na terra e para atormentar Seu povo. Satanás está sempre tentando caluniar os santos, difamar o bem que eles fazem, enquanto os dissimulados e os maus, que são a maior maldição e praga para o mundo, são apresentados de forma cativante.

“Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem, mal” (Isaías 5:20). É isso o que estão fazendo na terra hoje. Não se pode obter uma imagem honesta de um homem. Se um homem piedoso ingressa na política, as pessoas fazem insinuações e levantam calúnias para difamar seu nome. Já um trapaceiro será elogiado e louvado. Os ímpios não suportam que apareça alguém vivendo uma vida piedosa e caminhando em justiça, sem que o difamem nos jornais e televisão. Eles usam agentes de notícias e colocam em movimento as máquinas da propaganda e artigos jornalísticos por apenas uma razão: enganar o povo por um pouco de tempo. Quando alguém começa realmente a caminhar com o Senhor, eles ligam a grande máquina, os rolos compressores. “Nós temos que esmagá-lo. Nós temos que pisá-lo, porque ele está caminhando com Deus.” Quando será que os cristãos vão aprender, até mesmo com relação ao seu voto e outras coisas, a julgar algo no espírito e não pelo que o mundo diz ou pensa?

Só há uma razão para eles lhe apontarem as armas: você conseguiu. Exulte e alegre-se. Fique cheio de gozo e exultante porque você se tornou um canal de Deus tão evidente que a opinião deles  a seu respeito está predeterminada. Eles irão odiá-lo porque também odiaram a Cristo. Eles são inimigos de Deus e serão seus inimigos. Eles irão persegui-lo.

Talvez você diga: “Ah, se é isso que vai me acontecer, eu preciso dar o fora.”

O que Jesus disse? “Grande é o vosso galardão nos céus.”Quando você sofre perseguição, o verdadeiro senso de valores entra em cena. Todos os tipos de galardões vão sendo acumulados no céu para você, porque você está sintonizado no Senhor. Você está vindo no nome d’Ele. Piedade e justiça não são uma aspiração falsa e religiosa; são qualidades de seu espírito. Você caminha com Deus e diz ao mundo: “Aceite Jesus ou rejeite-O.” A Palavra que conta é: “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça.”

O que você precisa fazer para ser perseguido? Só caminhar com Deus. Você terá alcançado êxito quando houver o bastante de Deus em si para o mundo achar conveniente rejeitá-lo. “Eles Me odeiam”, disse Jesus, “e odiarão também a vós.”

A sua família já o  acusou de fanático? Você quer que todos pensem bem de você? O que a Bíblia diz a esse respeito? “Ai de vós, quanto todos os homens vos louvarem!” (Lucas 6:26a). O que é que faz com que todos o louvem? Quando você engana a todos, primeiro todos ficam a seu favor, mas depois eles o destroem. É assim que o mundo age.

Bem-aventurado é você quando pode suportar a perseguição que lhe vem como uma enchente. Aí você sabe que chegou a um ponto de profundidade em Deus. Você não apenas tornou-se um canal para Deus, como também sua própria vida pessoal está espiritualmente arraigada com profundidade suficiente para você não precisar dizer: “Não sei se vou ou não conseguir.” Como uma ilustração disso temos a parábola do semeador e da semente: “O que foi semeado em solo rochoso, esse é o que ouve a palavra e a recebe logo, com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, sendo antes de pouca duração; em lhe chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza” - Mateus 13:20,21.

Deus permite que venha a perseguição porque esta é a melhor forma de forçá-lo a enraizar-se com profundidade suficiente para vencer. Se você a recusa, se você é superficial e está apenas fingindo uma aparência, você se sentirá ofendido quando vierem a perseguição e a tribulação.

Esqueça os velhos tempos de evangelismo em  Hollywood: “Os bons estão entrando.” Este é o tempo dos aleijados, cegos e coxos entrarem (Lucas 14:21). Não será através de pregadores profissionais. Não temos  organizações para encaminhar os ministérios às igrejas e providenciar para que eles tenham oportunidades e pensões. Aqueles  que sairão e se sacrificarão, não têm nada que prezem a perder. Se não tiverem nada a perder, eles vencerão; mas se amarem a honra que vem dos homens mais do que a honra que vem de Deus, eles não permanecerão. A perseguição precisa vir, e, quando vier, se eles não estiverem profundamente arraigados, eles cairão.

Quando houver pressões sobre você e você se indagar quando elas chegarão ao fim, levante-se e erga-se, pois são estas perseguições que tiram a trava do seu espírito, permitindo que você se expanda. As pressões fazem com que aquelas coisas que têm sido como travas de segurança em todo o mecanismo do seu ser  soltem-se e dêem passagem. Você começa a expandir-se e a transformar-se; a Palavra o transforma. Embora os ventos soprem e as ondas sejam contrárias, você não pode ficar à deriva; agarre-se ao mastro e você verá que há uma força que vem de Deus para você, uma verdadeira força viva. As pressões que normalmente o teriam atormentado e tragado, não o incomodam mais. Você está crescendo. Quando as raízes se aprofundarem e os testes e tribulações não puderem mais abalá-lo, você estará qualificado a estar entre os que produzem fruto - alguns a trinta, a sessenta, e a cem por um. Então, bem-aventurado você será.

As perseguições já começaram? As pessoas o consideram um pouco estranho, acham que você fala sozinho ou coisa assim? Bom. Você está quase lá. Está chegando.“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.” O Reino pertence a eles. Deus entrega o Reino àqueles que podem suportar a perseguição.

Precisamos ter um novo ponto de vista sobre  a perseguição. Alguns a evitam deliberadamente, sendo diplomáticos, ao invés de serem guiados pelo Espírito do Senhor. É mais importante ser guiado pelo Espírito do Senhor do que ser diplomático. Suponha que você seja diplomático e ganhe pessoas com a sua inteligência e sabedoria. Será apenas uma aceitação mental e da alma que não irá durar. Somente quando você apresenta a Palavra é que as pessoas podem reagir a ela. “Se guardaram a Minha Palavra, também guardarão a vossa; Se Me odiaram, também odiarão a vós outros”, disse Jesus.

Você tem medo de ser identificado como um canal do Senhor, de falar a verdade em amor? Se rejeitarem você porque rejeitam a Palavra, estão  rejeitando ao Senhor. Regozije-se por poder sofrer com Jesus honestamente. Se as pessoas aceitarem a Palavra, então o aceitarão como irmão e será criado um lindo relacionamento. Nós precisamos dar nossas vidas uns pelos outros. “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos” - João 15:13. Foi isso que Jesus fez, e é exatamente isso o que Ele está nos levando a fazer também.

Os perseguidos são os que realmente tiveram êxito em um ponto; são as únicas pessoas que estão vivendo por algo maior do que elas mesmas e do que seus interesses humanos. Como renunciaram a seus interesses, estão dispostos a serem perseguidos, difamados, injuriados e acusados falsamente de todo mal por causa d’Ele. Como estão vivendo para Ele, não estão vivendo para si mesmos. Assim sendo, o Senhor diz: “Grande é o seu galardão nos céus”, porque é assim que o Senhor faz as coisas. Jesus disse: “Aquele que perder a vida por amor a Mim, a achará.” Qualquer um que esteja dedicado a viver para Deus e a aceitar as perseguições com grande alegria, realmente terá vencido; terá grande galardão, grandes riquezas, grandes bênçãos, reinará com Ele como rei e sacerdote de Deus. Tudo será dele.

“Exultai e alegrai porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” Ele está identificando você com os maiores homens que Ele tem tido através dos séculos. Você está caminhando com Ele entre a santa companhia de homens descritos no capítulo onze de Hebreus; homens que foram serrados ao meio, atirados às feras, açoitados até a morte, apedrejados e mortos ao fio da espada; homens dos quais o mundo não era digno. Você está caminhando em uma companhia maravilhosa. Deus não apenas o identificou consigo mesmo, como também o identificou com todos os seus profetas.

Jesus disse: “Minha Palavra o julgará no último dia” (João 12:48). Nós estamos nesse dia. A Palavra hoje tem um admirável poder de julgar. Ela cria em você, mas se você a rejeita,  deste momento em diante, você murcha e morre.

O Senhor está vindo para ser admirado nos Seus santos, para ser glorificado em todos os que crêem (II Tessalonicenses 1:10). Ele não está vindo para que lhe cuspam na face ou para que seja crucificado novamente. Quando os homens vierem contra nós com perseguições, esta será a ocasião de julgamento nos fins dos tempos sobre os quais a Bíblia fala. Os homens parecem prevalecer por um  tempo; um dos quadros mais claros disso está no livro de Apocalipse. As duas testemunhas surgem com tais sinais e julgamentos sobre a terra que o mundo se decide a matá-las. Depois de mortas, elas ficam estiradas nas ruas por três dias e meio, enquanto se anunciam feriados nacionais e internacionais e o povo se alegra porque essas duas testemunhas que transtornaram a terra foram mortas. Então, elas são ressuscitadas e elevadas às alturas.

Nós estamos vivendo agora no tempo da ressurreição. Não pense que a ressurreição é um tempo determinado de uma fração de segundo. A ressurreição é Cristo. Ele é a Ressurreição e a Vida. À medida que Ele for surgindo, você verá ocorrências estranhas durante o tempo da Sua presença, como as que acontecerão às duas testemunhas (eu creio que elas representam companhias inteiras de pessoas). Os que não amarem a própria vida até a morte serão ressuscitados quase que instantaneamente. Ocorrerão acontecimentos fantásticos tais como os que ocorreram na Igreja primitiva, mas que foram rejeitados como mitos. Na Igreja primitiva, muitas vezes, os que foram mortos em martírios foram ressuscitados imediatamente e elevados ao céu. Grande era a glória sobre eles. Era a isto que Paulo se referia, quando disse que queria alcançar a ressurreição dentre os mortos - não apenas a ressurreição, como também a ressurreição antecipada - significando que ele queria ultrapassar a espera pelo fim da era para entrar na ressurreição (Filipenses 3:11). Muitos dos santos primitivos entraram na ressurreição.

Explorações nas catacumbas dos cristãos primitivos revelaram uma ala de sepultamento com grandes imagens dos serviços fúnebres dos cristãos primitivos pintada nas paredes. As pinturas mostravam que havia banquetes, grande alegria e festança nos serviços fúnebres. Eles davam ao cristão uma linda despedida, com tudo o que podiam trazer para comer e também vinho. Você pode dizer: “Que coisa horrível!” É cristão. Você gostaria de contratar carpideiras (mulheres que pranteavam os mortos por dinheiro) como os pagãos? Parece triste quando um homem morre e não há ninguém para sentir e chorar por ele. Assim, muitos homens economizam para, quando morrerem, terem um funeral em que haverá alguém para pranteá-los, mesmo que seja uma farsa.

Eu não quero isso. Quando eu fizer essa grandiosa entrada e vocês ouvirem um grito alegre de guerra porque estou do outro lado, não chorem por mim. Façam o que os cristãos têm que fazer. Recusem-se a ter um culto numa sala mortuária. Que seja na casa de Deus, onde vocês adoravam. Que os santos se reunam ao redor e cantem cânticos. Que eles cantem. Que eles se alegrem no Senhor, porque nós não nos entristecemos como os demais que não têm esperança (I Tessalonicenses 4:13).“Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos” - Salmo 116:15. Nós nos alegramos com o Senhor no tesouro que Ele recebe, ao herdar outro filho da luz. É assim que temos que encarar a perseguição.

Como é grande o desejo de aprovação! Os jovens não querem ser diferentes. Alguns de nós se lembram do ginasial e o que era ir à aula de ginástica e recusar-se a dançar. Nós tínhamos que ficar sentados nos bancos e assistir os outros, porque nós éramos os esquisitos. Nós também recebíamos incumbências de ir a cinemas, o que algumas das igrejas naqueles dias proibiam. Nós estávamos sempre sofrendo as reações: professores falando contra nós; alunos falando contra nós. Enfrentávamos oposição nas cidades onde íamos pregar e ministrar. Eu era chamado de tudo, o que era um grande teste para mim. Eu não recebia a perseguição com muita afabilidade, mas me apressava a pedir desculpas às pessoas enquanto as ajudava a se  levantarem novamente. Então o Senhor começou a tratar com o meu coração e eu tentei desempenhar bem o que significava ser um cristão. Contudo, eu me sentia como alguns cristãos; um cidadão de segunda categoria. Você já se sentiu assim na escola? Porque tentava servir a Deus, você tentava ser invisível quando passava pelo corredor. Você era um cristão; portanto, não era nada. Eles eram pecadores, portanto, eram tudo.

É admirável quantos cristãos pensam assim. No dia em que você der um testemunho simples e honesto do Senhor no Espírito Santo que fizer com que alguém o injurie, envergonhe ou diga alguma coisa depreciativa a seu respeito e você continuar lá firme e exultando, então você terá tido êxito. Você terá chegado ao ponto que Deus deseja. Você é um canal para Deus e o impacto de Deus através da sua vida é algo que as pessoas não podem, de modo nenhum, aceitar; por isso, elas o rejeitam inteiramente e o seu  testemunho. A palavra para “mártir” no grego é a mesma palavra para “testemunha.” Bem-aventurado é você que tem sido perseguido, pois grande é o seu galardão nos céus.

Quanto você acha que vale? Os cristãos primitivos não se importavam com o espólio dos seus bens. Eles aceitaram com alegria o espólio dos seus bens, sabendo que possuíam patrimônio superior e durável no céu (Hebreus 10:34). Nus, com frio, sem casas, sem roupas, sem dinheiro nem comida - tudo foi tirado desses cristãos; no entanto, eles continuavam se alegrando, como se possuíssem todas as coisas, e realmente possuíam. Deus estava creditando para eles com mais rapidez do que os homens os despojavam...”onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam nem roubam” - Mateus 6:20.

“Bem, eu tenho que pensar na minha posição. Não posso colocar meu emprego em jogo; afinal de contas, eu tenho alguma influência. Não quero me sair mal com meus amigos. Eu não posso deixar por isso mesmo; vou processar essas pessoas por injúria. É isso o que vou fazer. Imagine só, dizerem todas essas infâmias contra mim.” Você não é o primeiro cristão a reagir assim quando é difamado. Você se arrependerá se agir assim tão carnalmente quando Deus lhe preparar uma verdadeira perseguição e você não apreciá-la, se  ameaçar processar as pessoas quando Deus está pronto a derramar Sua bênção. Você precisa aprender a não combater suas próprias batalhas; é Deus quem as combate. Você não tem que se justificar; Deus o justifica. Quando Deus o justifica, Ele está condecorando-o com medalhas de honra ao mérito, sem você saber. Ele está lhe dando a nota de aprovação divina e dizendo: “Eles Me odiaram sem motivo; agora se sente ao Meu lado e deixe que eles o odeiem sem motivo.”

Paulo glorificou a Deus por ter sido considerado digno de ser participante dos sofrimentos de Cristo. Quem se importa com o que as pessoas dizem? É um motivo de alegria quando elas o encaram como um canal de Deus. Até mesmo as pessoas na casa de Deus irão às vezes perseguí-lo e dizer todo o mal contra você, por causa do nome do Senhor, quando estiverem andando num nível carnal. Alegre-se. Foi assim que eles trataram os profetas. Deus o está colocando na categoria dos profetas. Você gostaria de ser colocado nessa categoria?

A maior coisa que Deus pode fazer por você é identificá-lo como Seu, deixando que a Sua ignomínia repouse sobre você. Não fique triste com isso; alegre-se! Isso é essencial.

Palavra Vivente
Reino Net

voltar para Princípios do Reino

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||