07 - Os Limpos de Coração

“Bem-aventurados os limpos(ou puros) de coração, porque verão a Deus”- Mateus 5:8.

Um pensamento muito comum entre as pessoas é: “Se eu estiver puro quando morrer, irei para o céu e verei Jesus.” Mas nenhuma das bem-aventuranças são afirmações simples; elas evolvem princípios e doutrinas muito complexas das Escrituras. Dentre todas as bem-aventuranças, esta exigirá mais a leitura de outras passagens bíblicas para uma definição do que significa  ver o Senhor. Iniciaremos com uma explicação antes de entrarmos nas passagens bíblicas, para que elas se abram ainda mais para você.

Quando pensamos em ver a Deus, a coisa não é bem  assim: “Bem, vou me purificar esta semana, e, então, vou ter uma grande visão do céu e vou ver a Deus.” João 1:18 diz: “Ninguém jamais viu a Deus...”  Ver a Deus, da forma como estamos falando, precisa ser por revelação, apesar de que haverá um dia quando nós O veremos. Quando a Bíblia fala sobre ver o Senhor agora, ela está falando da revelação espiritual do Senhor e não de vê-Lo com seus olhos. Muitas pessoas não vêem o que Deus está fazendo, nem vêem quando Ele Se move. Não há nenhuma revelação d’Ele aos seus corações. É a respeito disso que esta bem-aventurança está falando.

A razão pela qual as pessoas não conseguem ver o que Deus está fazendo ou a Sua mão agindo não é porque Deus não está agindo, mas porque elas têm “catarata espiritual”. Se não conseguimos ver o Senhor nesta hora, é porque as impurezas do nosso próprio coração formam uma catarata sobre nosso olho espiritual e torna-se impossível entendermos ou vermos as coisas espirituais. Quanto mais puro for o seu coração, mais clara será a visão do Senhor. Você pode dizer: “Mas como é que eu vou vê-Lo? Se eu não consigo ver o Senhor, como é que vou chegar à pureza de coração para que possa vê-Lo?” Parece um impasse, mas na Sua graciosidade há uma coisa linda que Ele faz por nós; Ele inicia com uma pequena revelação de Si mesmo. Nesse momento, nosso coração pode não estar puro, mas mesmo uma revelação limitada do Senhor sempre nos atinge com uma enorme percepção da nossa necessidade e impureza. Então, enquanto buscamos o Senhor sob essa luz, Ele começa a nos purificar, pois a pureza de coração não é algo que nós mesmos produzimos; é algo que Deus produz no nosso coração.

No livro de Apocalipse, a Palavra de Cristo para a igreja de Laodicéia foi: “Unge os teus olhos com colírio para que vejas. Não sabes que és infeliz, miserável, pobre, cego e nu.” Havia uma cegueira espiritual. É triste as pessoas estarem no meio da manifestação de Deus e não a enxergarem. Se elas fossem limpas de coração, elas enxergariam. Há estudantes da Bíblia que podem citar passagens com perícia, mas não conseguem ver  Deus agindo porque seus olhos estão encobertos; há uma capa sobre eles; não há essa pureza de coração. Com o passar dos anos, eu tenho observado as pessoas que tiveram um pequeno vislumbre por causa de um coração puro para servir a Deus. Elas podem ter tido muitos problemas - isso nunca é a questão - podem ter tido muitas coisas nas suas vidas que não eram puras, mas elas tiveram um pequeno início, e Deus lhes deu um pequeno vislumbre; então, à medida em que avançaram, buscaram a Deus e abriram o coração, e Ele lhes deu uma visão maior.

Um caminhar com Deus leva você a duas direções. Na primeira, Deus trata com o seu espírito, para que seja purificado e se torne reto. Na segunda, Deus continua  Se revelando a você, de uma forma maior - a revelação continua se expandindo. Como estas direções  andam de mãos dadas, quando Deus tiver um povo purificado e limpo, Ele terá um povo que O conhece e que caminha com Ele. “Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor: como a alva a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva...” - Oséias 6:3. Quanto mais você ouvir Deus, sondar seu coração e  cavar fundo nas coisas que precisam ser cuidadas, tanto mais real será  o seu  caminhar com Ele. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.”

Você poder dizer: “Eu gostaria de andar nisso, mas como vou ser limpo de coração?” Creia, um coração puro não é algo que você mesmo pode produzir. Você não pode resolver se purificar e pronto. Até mesmo quando suas mãos sujas tocam a obra elas a contaminam. Você não pode pensar em aperfeiçoar na carne o que foi iniciado no espírito, conforme diz Gálatas 3:3. Em Isaías 6 podemos ver como a pureza de coração nos leva a ver o Senhor. Quanto mais puro se tornar o coração, tanto mais clara se tornará a nossa visão do Senhor. A primeira revelação do Senhor geralmente acentua a impureza do nosso espírito, fazendo-nos clamar: “Ai de mim!” Então, nós começamos a nos arrepender e a invocar o Senhor para que a impureza seja tirada. Ele responde à nossa oração e, à medida que retira a impureza, nossa visão do Senhor se expande. À medida  em que somos purificados no coração, vemos a mão de Deus, vemos o Seu mover.

Bem-aventurado você será se tem olhos para ver, mesmo que tenha tido muitos problemas e esteja bem longe da perfeição do Seu espírito. Apesar disso, você tem o desejo suficiente no coração, tanto que a sua primeira revelação lhe mostrou a sua própria necessidade e o Senhor em uma visão clara. Foi isso o que aconteceu com Isaías.

“No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.” - Isaías 6:1-4.

Será que isso é verdade? Será que toda a terra está cheia da Sua glória? Você pode dizer: “Não, bem... eu não sei.” Sim, é verdade. Mas quando o coração está impuro, a única coisa que se vê é a obra de Satanás. Tantas pessoas vivem nesse nível impuro e é por isso que os programas de rádio, televisão, noticiários, revistas e jornais são vendidos. Eles narram as coisas terríveis que estão ocorrendo. O cristão comum não vê nem um pouco do que Deus está fazendo na terra. É algo bem humano ver o que o diabo está fazendo. Os jornais estão cheios de histórias de crimes e não daquilo que Deus está fazendo. É uma boa política editorial apavorar as pessoas.

O que vende os jornais é o medo, não o amor de Deus. Ninguém nunca faz reportagens do tipo: “Que atividade espiritual maravilhosa havia sobre a cidade hoje; havia hostes angelicais presentes. Deus estava agindo. As pessoas estavam sendo abençoadas. Sabem que os dias bíblicos estão aqui novamente? Há profetas na terra e eles estão profetizando sobre as pessoas, por revelação divina.” As pessoas não prestariam a menor atenção. Na verdade, elas nem leriam. Se você fosse dizer isso às pessoas, elas exclamariam: “Mentira. Nós não acreditamos nisso.” Mas se você lhes dissesse que uma minoria de pessoas  tem algumas temíveis bombas bacteriológicas num porão e que estão preparando essas bombas para soltar na cidade, de forma que todos morrerão, elas diriam: “Eu acredito.”

A terra pode estar cheia de muitas coisas que Deus está fazendo, mas quem as enxerga? Lá do outro lado os serafins anunciam a uma só voz:“a terra está cheia da Sua glória.” Eliseu orou: “Senhor, peço-te que lhe abras os olhos  para que veja”- II Reis 6:17. Até então, tudo que aquele jovem tinha visto era os exércitos inimigos acampados ao seu redor. Eliseu podia ver os exércitos do Senhor. Ah, que possamos ter a fé de Eliseu e um vislumbre de todas as coisas que estão do nosso lado, as coisas que estão operando a nosso favor. Como é maior Aquele que está em nós, muito maior do que aquele que está no mundo (I João 4:4). Como são grandes os exércitos do Senhor que são por nós. O Senhor virá com as Suas santas miríades (Judas 14).

Quem conhece as hostes poderosas do Senhor? Quem conhece as forças que são liberadas em nosso favor? A sua força e sabedoria não são o pequeno fator que muda a situação, entre um diabo forte e um Jesus fraco. Creia, não é. Você não duraria até meia-noite, se dependesse do que conhece, da sua própria capacidade e do que você é no natural. Deus é que é o seu guardião. É o Senhor que o está vigiando. Como são poucas as pessoas que vêem o que Deus está fazendo. Você pode querer saber: “Por que é que eu não vejo?” É uma falta de pureza; é necessário um coração limpo para se ver a Deus. Se buscarmos a purificação do nosso espírito, um dia seremos como os serafins, vendo tudo que Deus está fazendo na terra e que toda a terra está cheia da Sua glória.

Quando se vive num chiqueiro, tem-se a consciência dos porcos. Sente-se o cheiro dos porcos e a própria pessoa parece um deles. Quando sai do chiqueiro, ela se limpa e sobe a outras esferas, ficando consciente dessas esferas. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.” As impurezas são como cataratas que cegam até não se poder ver a Deus, mas quando são removidas do seu espírito, é exatamente como Deus disse: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração” - Mateus 22:37.

Os serafins clamavam uns aos outros: “... toda a terra está cheia da Sua glória. As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então disse eu: Ai de mim! Estou perdido! porque sou homem de lábios impuros, habito no meio dum povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então um dos serafins voou para mim trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim” - Isaías 6:3-8.

O serafim tomou na mão a brasa viva que havia tirado com a tenaz do altar e tocou a boca de Isaías dizendo: “Isto te limpa.” Foi uma libertação; foi o início da revelação de Deus ao coração de Isaías, uma revelação que continuaria por toda  a sua vida. As profecias de Isaías são lindas e revelam a grande restauração, o Reino e a era por vir. Não houve nenhum outro profeta que vivesse, como Isaías, nas grandes transformações em todo o universo, que ocorrerão no Reino do Senhor. Ele viu coisas fantásticas. Mas tudo começou com uma revelação do Senhor suficiente para lhe mostrar sua iniqüidade e impureza, e o que ele realmente necessitava. Quando Isaías viu sua iniqüidade, ele clamou por libertação e o serafim veio, purificando seus lábios e dizendo: “Agora sua iniqüidade é tirada.”

A revelação do Senhor fez com que Isaías visse o suficiente para que enxergasse a própria necessidade e começasse a clamar por purificação. A purificação veio e quando ele ouviu o Senhor perguntando: “A quem enviarei?” Ele respondeu: “Eis-me aqui; envia-me.” Ele estava avançando em dedicação,  porque, quanto mais via o Senhor,  mais clamava por pureza de coração. Quanto mais clamava por pureza de coração,  mais ele via o Senhor. Bem-aventurados os que procuram ser limpos de coração, porque a sua visão se  expande sempre e o seu foco no Senhor torna-se mais aguçado.

Você quer ser limpo de coração? Quando você tem essa primeira revelação do Senhor e ela reflete no profundo do seu ser e você vê o que necessita, então, à medida que começa a clamar ao Senhor, Ele começa a ministrar a sua libertação. Só depois de libertado, depurado e purificado é que você está pronto para dizer: “Eis-me aqui, envia-me,” e sua dedicação é aperfeiçoada. Isaías caminhou todos os dias de sua vida nessa dedicação.

Repare que no ensinamento a seguir, este mesmo princípio é repetido. “Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvi, ouvi, e não entendais; vede, vede, mas não percebais. Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhe os ouvidos, e fecha-lhes os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos, e a entender com o coração, e se converta e seja salvo. Então disse eu: Até quando, Senhor?” (Até quando devo fazer isso?) “Ele respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, as casas fiquem sem moradores, e a terra seja de todo assolada, e o Senhor afaste dela os homens e no meio da terra seja grande o desamparo. Mas se ainda ficar a décima parte dela tornará a ser destruída. Como terebinto e como carvalho, dos quais, depois de derrubados, ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco” - Isaías 6:9-13.

Isaías mostrou que na purificação do próprio espírito, ele chegou a uma  maior revelação. Então Deus pintou o lado negativo do quadro: “Agora vá e lhes dê uma Palavra.”

“Até quando vou falar a Palavra do Senhor?”

“Fale a Palavra do Senhor até que o povo não consiga mais ouvi-la, até que os seus ouvidos estejam pesados e eles tenham que fechar os olhos; até que não sobre nada que eles possam perceber e Eu os tenha tirado da terra e levado ao cativeiro; até que as cidades sejam destruídas e fiquem sem habitantes. Esse é o tempo durante o qual você deve profetizar.”

O que é que você acha que Deus está fazendo hoje? Ele vem ao seu coração, você  busca e deseja um espírito puro, mas com que propósito? Para que você possa chegar à posição onde possa falar a Sua palavra. O que é que a Sua Palavra vai fazer? Haverá alguns que a ouvirão, que terão um coração para segui-Lo, para amá-Lo, e isso lhes iniciará a revelação. Contudo, haverá outros que, mesmo que vejam, fecharão o coração, e, quando o fizerem, a escuridão será para eles  o mesmo que a luz.

Não é preciso duas mensagens - uma para pecadores: “Estás condenado ao abismo”, e outra para justos: “Certamente és bendito; e certamente viverás.” Tudo o que você tem a fazer é falar a Palavra do Senhor. Quando um homem ouve, seu coração se abre. Ele se arrepende e clama pelo Senhor; sua visão é purificada e seus olhos são abertos para o que Deus está fazendo na terra. Quando um homem não quer ouvir, ele diz: “Eu não creio nisso.” Então, seus ouvidos ficam pesados e seus olhos se fecham. Ele tropeça sem saber no que está tropeçando, porque não lhe restou nenhuma percepção espiritual. Ele rejeitou a Palavra e a sua luz tornou-se em escuridão.

Deus fala uma Palavra e ela cria uma situação semelhante à que I Tessalonicenses nos apresenta; aqueles  que estão caminhando com Deus não são filhos da noite, mas do dia; os que não ouvem, são filhos da noite. Como é que noite e dia podem existir simultaneamente? Porque Deus enviou uma Palavra à terra: para o limpo de coração, o justo, a sua vereda vai brilhando mais e mais, até o dia do Senhor, mas, para os perversos, é como o dia de escuridão (Provérbios 4:18-19). Quanto mais eles ouvem e rejeitam a Palavra, tanto mais escuro se torna.

Não procure mais luz nos avivamentos em algumas das igrejas que estão rejeitando a luz que têm. Ela irá tornar-se em escuridão. O único lugar onde você irá encontrar uma revelação de Deus progressiva, expansiva e a presença esmagadora do Senhor, será nas igrejas onde se está ouvindo e recebendo a Palavra. Ao redor delas, os perversos procederão perversamente. Daniel profetizou:“Muitos serão purificados, embranquecidos e provados; mas os perversos procederão perversamente, e nenhum deles entenderá, mas os sábios entenderão” - Daniel 12:10. Será o tempo da demarcação, que poderá acontecer através de uma Palavra como esta. Alguns irão ler e rir dela e o dia seguinte será um pouco mais escuro. Outros se alegrarão com ela, e, no dia seguinte, a visão será um pouco mais clara.

Quando o evangelho é pregado e o Espírito Santo se move sobre uma pessoa que vê a sua necessidade e clama a Deus, a obra de purificação dessa vida começa. Deus a salva e inicia uma obra santificadora no seu coração. Mas se ela ouve esse evangelho e vira o seu coração contra ele, a sua impureza cresce. Em vez de ser como a catarata sobre o olho, ela cresce densamente para dentro, até que não haja mais luz.

A escuridão espiritual não é natural no homem; é o homem que causa isso. Ele rejeita Palavras que vêm de Deus e a sua luz torna-se em escuridão. Mas se ele ouve uma Palavra vinda de Deus e clama ao Senhor, então Ele o purifica e o torna limpo. A única coisa em que você pode se apoiar não é o grau de pureza que você atingiu até agora, mas sim se você ainda continua aberto à voz de Deus, para que toda revelação do Senhor traga um arrependimento correspondente, enquanto a sua necessidade vai sendo revelada. Se você persevera no arrependimento enquanto Deus continua a lhe dar a luz, então Deus prossegue nesse trabalho de purificar sua vida, e a sua visão torna-se cada vez mais clara.

Isto é mencionado novamente no livro de Provérbios: “Mas a vereda do justo é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. O caminho dos perversos é como a escuridão: nem sabem eles em que tropeçam”- Provérbios 4:18,19. Este provérbio mostra como Deus dá uma Palavra ao perverso e o seu caminho torna-se caminho de escuridão, porque ele rejeita a Palavra. Jesus disse em Marcos 16:16: “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.” No entanto, a mesma Palavra é pregada para ambos.

Como é que a Palavra de Deus pode vir neste dia, trazendo tanta revelação de Deus para alguns e tanta escuridão para outros? A pessoa vê a própria necessidade, clama por um coração puro e Deus cumpre a promessa. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.” Eles vêem a Deus em tudo o que fazem, mas já os que não são limpos de coração, discutem e criticam. Eles são contra os santos de Deus e prosseguem nas suas rotinas religiosas, sem saberem como estão realmente cegos. Eles tropeçam; são cegos guiando cegos. Eles exclamam: “Nós não acreditamos nisso. Não há nada aí. Por quanto tempo será que ainda iremos pregar para eles?” “Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhes os ouvidos e fecha-lhes os olhos...” A Palavra ainda continua vindo. Ela fecha corações. As pessoas não a recebem. Mas, bem-aventurados os limpos de coração porque eles verão a Deus.

Por que é que nestes fins dos tempos existe um novo dia com maior revelação, um maior mover de Deus, um maior conhecimento do Senhor e uma maior sensibilidade à esfera do espírito, tudo maior do que já existiu durante gerações? Ao mesmo tempo, por que é que há mais escuridão e incredulidade? Por que é que há no mundo mais ateus do que nunca? Por que o mundo está cheio de escuridão? É porque Deus está falando a Sua Palavra e, à medida que a Palavra vem, o mover de Deus sobre a terra traz uma destas duas coisas. Você vai ver a própria necessidade, vai clamar continuamente e vai tornar-se limpo de coração.

Quanto mais Deus falar e jorrar luz sobre as Escrituras, tanto mais escuro será para os que não conhecem a Deus, nem O ouvem; porém, mais clara será a vereda dos que ouvem a Deus. O mesmo sol que vem sobre a cera e a derrete, também vem sobre o barro e o endurece. Igualmente, a mesma Palavra de Deus proclamada, que trará o remanescente aos prodígios, sinais e maravilhas, também trará os julgamentos de Deus sobre a terra. A Sua Palavra irá julgar os homens nos últimos tempos (João 12:48). Apenas fale o que Deus está falando e, com fidelidade, traga a revelação à medida em que Deus a dá, e, então, os que não a ouvirem, serão lançados em catástrofes, destruição, tribulação e angústia. Eles não vão saber nem no que estão tropeçando, mas serão responsáveis por isso. A própria reação deles a Deus é que provoca tudo. Mas, “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.” Eles tornam-se limpos de coração, porque, com toda a Palavra que ouvem de Deus, eles se arrependem da impureza no próprio espírito e Deus, na Sua misericórdia, os purifica. É como limpar os olhos ou lavar o pára-brisa quando não se pode enxergar; as coisas ficam um pouco mais claras. A princípio, você vê obscuramente, através de espelho, vê em parte; mas logo poderá ver face a face (I Coríntios 13:12). Ao que tem, mais lhe será dado; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado (Mateus 25:29). É assim que o Senhor faz.

Você vê porque é necessário responder a toda Palavra que Deus lhe dá nestes últimos tempos? Você não pode nunca se dar ao luxo de se rebelar. Satanás vai fazer tudo o que puder para colocar rebeldia no seu coração, para fazer com que você se afaste da Palavra que Deus está falando e dos servos que Ele envia para falar a Sua Palavra, para que, assim, você os trate com desprezo e os fira com a língua. Satanás não pode romper as defesas que Deus tem lhe dado, mas pode trazer as forças da rebeldia contra você, de forma que, se você sucumbir, irá destruir a si mesmo, pois estará se colocando em uma posição onde a sua luz é transformada em escuridão. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.”

Toda vez que vir a necessidade, apresse-se em se arrepender. Quando ouvir uma Palavra, não conclua falsamente que ela não é importante. Curve-se  a  toda verdade que Deus lhe dá; chore, pranteie e aflija-se. Chegue perante Deus e clame: “Ó Deus, quero um coração limpo diante de Ti.” Quando Ele responder, você O verá com um pouco mais de clareza do que antes  e o que está escrito no livro dos Salmos será verdade a seu respeito: “Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! por isso os filhos dos homens se acolhem à sombra das tuas asas. Fartam-se da abundância da tua casa, e na torrente das tuas delícias lhes dás de beber. Pois em ti está o manancial da vida; na tua luz vemos a luz”- Salmos 36:7-9. As Escrituras estão cheias desta promessa: “Na tua luz vemos a luz.”

A revelação vem por uma determinação e um fervor no espírito das pessoas para serem puras e caminharem diante do Senhor. Enquanto elas clamam ao Senhor, Ele vem ao seu encontro. No que vai dar isto? Em apenas uma direção, se elas forem sensíveis para ouvir e deixar que Deus Se mova em seus corações para que sejam purificadas. Quando estas pessoas, com toda fidelidade e prontidão de mente, abraçarem a Palavra que vem e se empenharem em seguí-la, elas serão levadas a uma revelação maior do que nunca e romperão a camada de escuridão que tem velado a igreja por muitos séculos. O mundo invisível de Deus se abrirá e, de repente, se tornará mais real do que o mundo material. Mas aqueles que não buscam a Deus para que Ele purifique seus corações, tremerão e temerão porque não vêem o mundo de Deus e não vêm a Deus. Eles só verão o mundo satânico e todas as coisas apavorantes, e estarão entre aqueles cujos corações desmaiarão de terror  pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo (Lucas 21:26). Mas os limpos de coração permanecerão quando os poderes dos céus forem abalados e glorificarão a Deus, porque verão o mundo de Deus na mão de Deus. Eles verão o Senhor.

Um bom teste para saber onde você está é examinar como você reage quando lê o livro de Apocalipse. Se você tem vontade de correr para debaixo das cobertas tremendo, você não está limpo de coração porque a Palavra de Deus diz que aquela era uma revelação do Senhor Jesus Cristo que Deus deu ao Seu servo. É uma revelação; os que são limpos de coração olham e glorificam a Deus, porque é o capítulo final, quando todas as coisas são trazidas debaixo da Sua mão, fechando-se com a história dos covardes e incrédulos que abrem o caminho para o abismo (Apocalipse 21: 8).

Por que é que pregamos o evangelho? Para que os que o ouvem pelo Espírito e crêem, entrem num novo nascimento e numa nova visão. Um mundo novo é aberto para eles, “...quem, porém, não crer será condenado” - Marcos 16:16. Nós pregamos o evangelho para que eles sejam condenados? Sim, Deus precisa enviar a Palavra. É por isso que a Sua Palavra Viva virá agora, como veio nas crises e horas de julgamento de todas as eras; para que as pessoas que ouvem e rejeitam a Palavra não saibam no que tropeçaram e a sua calamidade lhes venha repentinamente. Deus declara que as pessoas receberão a Sua Palavra, e, se a ouvirem se arrependerem, um mundo novo se abrirá para elas. Se não a ouvirem, a sua escuridão aumentará.

No decorrer dos anos, uma das maiores tragédias  que tenho visto tem sido as pessoas ouvirem a Palavra Viva e se afastarem. O caminhar com Deus nunca foi fácil para ninguém, mas nunca são os problemas interiores ou as coisas na natureza da pessoa que a afastam dele. É bobagem um homem dizer: “Estou amarrado neste vício; é isso que está me derrubando.” A única coisa que o está  prendendo é o orgulho e arrogância do próprio coração, que fazem com que ele não se ajoelhe e se arrependa com um verdadeiro temor a Deus. Isso é uma coisa para a qual as pessoas não têm a menor queda, mas se disserem: “Deus, deixe o Seu Espírito ensinar-me a me arrepender”, Deus pode cuidar do pecado. Arrependa-se do pecado; Deus pode cuidar de todos os seus problemas e fraquezas. Ninguém caminha com Deus porque é forte; a pessoa caminha porque se arrepende, aceita a palavra de Deus e abre o coração para ver.

Se Deus tem sido bom com você e tem lhe dado revelação suficiente para caminhar com Ele, você está numa posição sem igual. Você pode ser um dos homens mais abençoados ou dos mais amaldiçoados sobre a face da terra, mas quando Deus encontra um homem com o coração voltado o bastante para Ele, de forma que Ele possa dar a este homem uma revelação do caminhar com Ele nesta hora e o homem crê  e anda nisso, mesmo que ele seja apenas um milésimo de qualquer outro homem, ele caminhará na grandeza de Deus. Deus será com ele. Se você, seja lá quem for, ouvir as Palavras sabendo o que deve fazer e não fizer nada ou brincar com a Palavra, você não terá olhos para ver. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.”

Assim sendo, clamamos: “Senhor, purifica meu espírito. Torna-o reto.” Trate severamente com a coisa no seu coração. Se houver alguma coisa errada com você, busque a Deus. Você nunca irá fracassar ou vacilar por causa das impurezas do seu coração; você irá fracassar ou vacilar por não se arrepender delas e não buscar Deus para purificar seu caminho. Você pode ter uma porção de problemas, mas se você se arrepende sempre e busca ao Senhor para que o seu espírito seja reto, Deus irá libertá-lo. Você não irá falhar nunca; você nunca ficará do lado de fora. Você poderá entrar em todos os tipos de tratamentos de Deus, mas sempre irá vencer. Por todo o tempo em que você for tropeçando, Deus será revelado ao seu coração de uma forma muito maior e mais maravilhosa.

Você poderia levar isso ao extremo e dizer: “É, nós veremos a Deus. Imagine só, quanto mais formos purificados, mais rápido veremos o próprio Deus.” Não confunda as coisas. Haverá um tempo, de acordo com Apocalipse 22:4, quando nós O veremos assim como Ele é. Será maravilhoso. Mas por enquanto, quando as Escrituras falam sobre ver a Deus, elas se referem a algo diferente do resplendor de Deus.

Os escritos de João, tanto os evangelhos quanto as epístolas, são muito ricos em referências à luz e à capacidade espiritual de ver a luz (ou a verdade). De todos os livros do Novo Testamento, estes são os que mais se concentram na luz e na revelação do Senhor. Lemos em I João 2:3-6: “Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Aquele, entretanto, que guarda a sua palavra, nele verdadeiramente tem sido aperfeiçoado o amor de Deus. Nisto sabemos que estamos nele: aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou.”

A passagem de I João 4:7-14  parece um pouco doutrinária, mas, se você a ler com cuidado, se sentirá recompensado pela sua atenção. Nesta passagem há uma boa explicação a respeito de ver o Senhor e a respeito do modo espiritual pelo qual devemos vê-Lo. “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus, e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós, em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou, e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é em nós aperfeiçoado. Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele em nós, em que nos deu do seu Espírito. E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo.”

Você pode dizer: “Ah, eu não consigo entender isso: preciso de uma pequena explicação.” É verdade. Ninguém viu a Deus na plenitude da Sua glória e poder. Deus tem encoberto isso. No final nós O veremos. Apocalipse 22:4 diz que nós iremos vê-Lo. Mas agora Ele não está se revelando de uma forma que destruiria totalmente a raça humana, pois isso aconteceria, caso Ele revelasse a Si mesmo em toda a Sua glória. No entanto, o Pai revela bastante de Si mesmo, dos Seus caminhos e do Seu mover.

Moisés viu a Deus no monte? Não. Ele viu a glória de Deus. A sua oração foi:“Rogo-te que me mostres tua glória”- Êxodo 33:18. Quando Deus passou, Moisés espiou por entre os dedos de Deus e viu só um pouquinho da Sua glória passando. Que experiência surpreendente! Ele não viu Deus na Sua plenitude, mas viu a Sua glória. Foi uma manifestação visível da presença de Deus. Foi como olhar a Sua aura, mas não era Deus. No entanto, ainda continuava sendo surpreendente, porque era uma emanação de Deus. A Palavra diz que nenhum homem jamais viu a Deus. Mas esta mensagem fala a respeito dos limpos de coração, pois eles verão a Deus. É uma contradição? Quando a Palavra diz que ninguém jamais viu a Deus, Ela não está dizendo que nós não O veremos, mas nos mostrando como Deus Se revela a nós, e que a revelação que Deus está dando é aberta e progressiva.

“Nós amamos porque Ele nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a Deus e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê” - I João 4:19,20. Relacionando isto com mais uma passagem do evangelho de João, poderemos entender o que estamos falando aqui. João estava sempre escrevendo sobre luz, revelação, escuridão e percepção espiritual para ver a Deus.

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, credes também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou estejais vós também. E vós sabeis o caminho para onde eu vou. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto” - João 14:1-7.

Ninguém viu a Deus; no entanto, Jesus disse: “Vós O tendes visto.” Ver a Deus na Sua manifestação plena seria impossível, pois Paulo diz que Ele “...habita em luz inacessível...” - I Timóteo 6:16. Contudo, a plenitude de Deus habitou em Cristo e ver a Jesus era ver o Pai, da mesma forma como os limpos de coração podem ver a Deus. A passagem no evangelho de João fala do Pai habitando no Filho para que as pessoas possam vê-Lo, da forma como nós iremos ver o Senhor no nosso caminhar com Ele. Oséias 6:3 diz: “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor: como a alva a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” Ele irromperá nos nossos corações.

“E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro” - I João 3:3. Os limpos de coração verão a Deus. Se você está aguardando que surjam aqui e ali essas aparições do Senhor que foram profetizadas, esperando ser um dos felizardos, você está enganado. Mas se você começar a preparar-se e a purificar seu espírito, Jesus virá a você e você O verá.

“Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta” - João 14:8. Será que um discípulo como Filipe podia estar tão próximo, sem ter uma revelação do Pai? Sim. Será que você poderia estar tão perto e, no entanto, dizer: “Eu não vejo o Senhor na minha vida; eu não vejo o que Ele está fazendo?” Sim. Você pode estar assim tão próximo e, ainda assim, não ver o Senhor.

“O que eu devo fazer? Que doutrina mágica será que devo estudar para poder compreender isso? O que é que eu vou ler?” Ajoelhe-se e arrependa-se, pois Jesus disse: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” e “quem me vê a Mim, vê o Pai.”

“Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim, vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo por mim mesmo; mas o Pai que permanece em mim, faz as suas obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras” - João 14:9-11.

Podemos ver a Deus? Sim, nós podemos vê-Lo. O que faz a diferença no que você vê e no que você não vê? A pureza do seu coração. Como é que as pessoas se tornam limpas de coração? A cada vislumbre que elas têm do Senhor, elas se aproximam mais d’Ele. Elas se arrependem das suas impurezas. Elas clamam para serem achadas na Sua santidade e justiça. Ele as ouve. Quanto mais você buscar e quanto mais você clamar, tanto mais Deus abrirá o seu coração e o fará ver. Clame: “Senhor, purifica o meu espírito. Que eu seja limpo de coração.”

Será que Deus vai fazer alguma coisa sem revelar aos Seus servos os profetas? Será que Ele Se move na terra, sem que os limpos de coração vejam? O mundo ri dos que cantam: “Quão grandiosas são as Tuas obras” porque nunca viram nenhuma delas. Deus não está recrutando ninguém por sinais e milagres visíveis aos incrédulos. O remanescente caminhará em sinais e prodígios de julgamento na terra, mas eles não foram ganhos através de sinais e prodígios. Eles são os cristãos que andam nos caminhos de Deus.

Se o evangelho está escondido, ele está escondido do coração daqueles que Satanás cegou. A cegueira é tão grande. Você  é responsável pela luz em que anda, pois a luz está ao seu dispor. Se você pode acionar o interruptor, a culpa é toda sua se você continua sentado no escuro. À medida que eu abro meu espírito para Deus e clamo: “Deus, torna meu espírito e meu coração retos; deixe-me ser limpo de coração”, Deus faz a obra, minha visão se expande e eu vejo mil vezes mais do que via antes. Mas se eu começasse a rejeitar um raio de luz que fosse, isso poderia iniciar uma seqüência, e que escuridão terrível eu teria. Isso é algo criativo e pode ser também destrutivo. Ele mata e Ele faz viver (Deuteronômio 32:39).

“Quem subirá ao monte do Senhor? Quem há de permanecer no seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. Este obterá do Senhor a bênção, e a justiça do Deus da sua salvação. Tal é a geração dos que o buscam, dos que buscam a face do Deus de Jacó. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Quem é o Rei da Glória? O Senhor, forte e poderoso, o Senhor, poderoso nas batalhas. Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Quem é esse Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, Ele é o Rei da Glória” - Salmos 24:3-10.

O mundo  está ficando cego; a escuridão o está dominando furtivamente. Mas caminhem na luz para que vocês possam se tornar filhos da luz. Este é um dos grandes princípios do Reino: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.” Se um homem atentar para isso, ele caminhará na plenitude de Deus.

Palavra Vivente
Reino Net

 

voltar para Princípios do Reino

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||