13 - Motivando o Seu Coração (Parte I)

Motivação é todo motivo que leva alguém a fazer alguma coisa. A terminologia da palavra motivação (motivo em ação) implica em um conjunto de fatores - de ordem espiritual, intelectual, afetiva ou mesmo biológica - os quais agem entre si e determinam a conduta ou o procedimento (bom ou mau) de um indivíduo. Geralmente esses motivos são definidos como vontade, necessidades, desejos ou impulsos da pessoa, que dirigem ou mantêm o comportamento voltado para o objetivo, um alvo.

Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. (Mateus 22:37).

O Senhor nos prometeu “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o teu coração [e de toda a tua alma]. Serei achado de vós, diz o Senhor...”. (Jeremias 29:13 e 14a; Deuteronômio 4:29). Se você não buscá-Lo de todo o coração, com toda a motivação de seu ser, você não irá encontrá-Lo. Você deve tomar posse de uma motivação muito intensa em seu coração e mente que o leve a romper em muito do que Ele nos tem mostrado. Esta violência no espírito se manifestará em cada área de sua vida, na medida em que você declarar em alto e bom som: “Seja feita a Sua vontade assim na terra como no céu”.

O que tem lhe motivado? O que acende o ânimo de seu coração? Será que seu amor pelo Senhor Jesus tem movido o seu coração? As coisas do Reino tem sido prioridade em sua vida? Você tem tido ânimo, entusiasmo e motivação para ir aos cultos, ler e ouvir a Palavra, orar e esperar no Senhor? “Se me amais, guardareis os meus mandamentos... Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada”João 14:15, 23.

Desarme o seu coração ao ler esta mensagem e, em oração, permita que o Espírito Santo crie esta motivação divina em você. Esta mensagem lhe colocará em MOVIMENTO, motivado por Deus e para o Reino. Esteja “Pronto Para Avançar”.

Certa feita, momentos antes de sua crucificação, Jesus dirigiu-se aos discípulos e disse-lhes com voz forte e segura: Daqui a mais alguns dias estarei partindo, vocês ficarão sozinhos e terão muitos problemas, lembrem-se: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo (motivação), porque eu venci o mundo”João 16:33. Jesus os adverte, mas, ao mesmo tempo, procura motivá-los com palavras de fé e coragem. Na verdade, Ele estava dizendo: Vocês precisam estar cheios de motivo. Vejamos que riqueza de ensinamentos encontramos no sentido dos verbos contidos nas palavras de Jesus.

Na expressão: “Tende bom ânimo”, o verbo está no imperativo e exprime uma ordem, e não um conselho. Este ponto é fantástico. Vejo aqui a pedagogia da motivação pregada por Jesus, porque estar animado é estar motivado por algo.

O triunfo de Jesus no Calvário só aconteceu porque os Seus motivos o impulsionaram a vencer o martírio da cruz. Ele suportou a cruz motivado pelo fato de que, em troca do sofrimento, receberia a alegria de estar assentado à destra do trono do Pai (Hebreus 12:2). A maior motivação de Jesus foi trabalhar e fazer com prazer a vontade de Seu Pai: “Meu pai trabalha até agora, eu trabalho também”; João 5:17.Trabalhar com submissão e coragem era o forte de Jesus. E Ele fazia isso movido pelos objetivos propostos por Deus: Deixou o esplendor de Sua glória, simplesmente para fazer a vontade de Deus e viver entre nós.

OS EXEMPLOS DE OUTRAS PESSOAS NOS MOTIVAM

“Quero que saibam, irmãos, que aquilo que me aconteceu tem, ao contrário, servido para o progresso do evangelho. Como resultado, tornou-se evidente a toda a guarda do palácio, e a todos os demais, que estou na prisão por causa de Cristo. E os irmãos, em sua maioria, MOTIVADOS no Senhor pela minha prisão, estão anunciando a palavra de Deus com maior determinação e destemor”Filipenses 1:12-14 – NVI – Nova Versão Internacional).

Alguém disse que a melhor maneira de se motivar é motivar outrem. Parece que essa mensagem está claramente implícita no ensinamento de Jesus. Não era Ele quem precisava de ânimo, de coragem, de fé e de determinação para morrer na cruz? Então, o que Ele faz? Procura motivar seus discípulos, encorajá-los para os momentos ruins, a fim de que recebessem motivação.

Seria como se Ele pegasse Pedro ou um dos seus apóstolos pelo braço, desse um solavanco e falasse assim: Olha! Eu estou indo embora, mas nada de derrota, nada de fracasso, nada de tristeza e desânimo (desmotivação)... Filho, tenha bom ânimo, esteja sempre motivado, porque Eu venci o mal, Eu venci o mundo. Como é bom saber que Jesus quer que estejamos motivados,     animados, a cada dia.

Não se desespere, não se estresse por qualquer razão, mas tenha sempre em mente que uma pessoa motivada não desiste facilmente, porque possui em suas mãos uma arma poderosa.

Lembro, agora, de um conto, que diz mais ou menos assim: “Toda manhã, na África, uma gazela acorda. Ela sabe que precisa correr mais rápido do que o mais rápido leão ou morrerá. Toda manhã, na África, um leão acorda. Ele sabe que precisa ultrapassar a velocidade da gazela mais lenta ou morrerá de fome. Não importa se você é um leão ou uma gazela. Quando o sol nascer, é melhor você estar correndo.” Em outras palavras, é melhor você estar lutando, trabalhando, estudando, caminhando e prosseguindo em frente, a fim de que todos os seus objetivos sejam concretizados, todos os seus alvos sejam alcançados. Seja sempre uma pessoa motivada, pelo Espírito Santo, Consolador, nosso motivador!

Motivação tem a ver com querer fazer, com vontade, com interesse, com iniciativa e isso depende mais de você do que dos outros. Por isso é comum vermos pessoas em ambientes espetaculares e desmotivadas. Outros com tantas possibilidades de ser feliz, mas ainda assim desanimados. Criam uma expectativa maior no que está em volta e esquecem que o grande fator desencadeador da motivação está na própria pessoa. Ninguém será capaz de motivar alguém a aprender um idioma se ela não tiver interesse ou necessidade de aprender. Isto é um fato!

Precisamos de motivação, ânimo e entusiasmo em nosso caminhar com o Senhor. Caso não tenha tido a motivação suficiente pelas coisas do Pai, peça ao Espírito Santo, em oração e súplica, para que gere motivação em seu coração. Mostrarei para vocês como desenvolver motivação em seu coração; motivação pelas coisas do Reino de Deus.

O AMOR É O MAIOR MOTIVADOR DO CORAÇÃO DO SER HUMANO

Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu me amas? Pedro entristeceu-se por ele lhe ter dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas, tu sabes que eu te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas.” (João 21:17).

Pedro e os demais discípulos, após a morte de Jesus, ficaram profundamente tristes, com medo e desmotivados. A morte de Jesus provou que as motivações de seus corações não foram suficientes para darem a vida pelo Senhor. Eles sentiam-se fracassados e retornaram para as suas velhas vidas. Mas, após a Sua ressurreição, o Senhor despertou no coração deles a maior força motivadora que eles poderiam ter: o amor. Só o amor seria capaz de motivá-los a se dedicarem até à morte.

Qual sentimento pode fazer uma mãe, ao ver o filho em perigo, arriscar a sua própria vida por ele? Quem ou quais circunstâncias podem nos separar do amor de Cristo? O que motivou o Senhor a vir ao mundo para nos Salvar? (João 3:16). O que motivou o Senhor a dar Sua própria vida por nós? “Nisto conhecemos o amor, em que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar a vida pelos irmãos”1 João 3:16. Por amor a Raquel, Jacó serviu a Labão por sete anos, e por mais sete anos (Gênesis 29:20, 30).

Esta motivação ilimitada, sem fronteiras, sem reservas, que o amor pode criar em nossos corações, não é produzida no coração humano. Ela é um dom de Deus. Este amor motivador desce do alto, do Pai das luzes (Tiago 1:7). É o Espírito Santo quem derrama o amor de Deus em nossos corações (Romanos 5:5), criando em nós a maior motivação possível, para nos dedicarmos ao Pai e ao Seu Reino.

O amor é mais forte do que a morte, nada pode barrá-lo ou extingui-lo: “... porque o amor é forte como a morte... As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios, afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor, seria de todo desprezado”. (Cantares 8:6b, 7). Este é um dos versículos mais lindos do Antigo Testamento. Não podemos comprar o amor - a motivação divina operante em nós.

Senhor, queremos ardentemente que este amor seja produzido em nós. Nãoqueremos falhar em nossa dedicação e fidelidade a Ti; não queremos retroceder. Não nos conformamos com a passividade, a apatia e a mornidão desta era. Motiva-nos! Derrama este amor ardente em nossos corações, e nos corações dos jovens e adolescentes do Seu Reino. Queremos ver uma geração plenamente motivada pelo amor. Uma geração em movimento, por Teu amor. Não queremos regras, nem religião, não queremos Te servir por obrigação, nem por medo, mas por amor. Atrai-nos, Senhor, por Teu amor. Motiva-nos, por Teu amor.

Esta é a minha oração: Que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção, para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo, cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.(Filipenses 1:9-11, NVI – Nova Versão Internacional).

O AMOR É A MOTIVAÇÃO QUE NOS COLOCA EM MOVIMENTO
E DEVE SER CANALIZADO PARA DEUS

Observe atentamente os textos a seguir.

“E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos”. (1 Coríntios 12:6). ... para isso é que eu também me afadigo, esforçando-me o mais possível, segundo a sua eficácia que opera eficientemente em mim(Colossenses 1:29). “... um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos, e está em todos”. (Efésios 4:6).“... porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade(Filipenses 2:13).

Deus pode operar em seu coração uma motivação interior, que ativará a sua vontade e lhe colocará em MOVIMENTO, sob a ação do Seu Espírito. Os que são guiados e cheios do Espírito Santo, são os que têm o ânimo, a motivação de Deus.

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus(Romanos 12:2).

Uma das coisas que drenam nossa motivação pelo Senhor, por Sua Palavra e pelo Reino, é a passividade que pode nos ser transferida pelo nosso envolvimento com as coisas do Sistema mundano. Devemos nos afastar delas: “O que foi semeado entre os espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.” (Mateus 13:22).

Seu amor deve ser canalizado em Deus e não na carne. Sua motivação deve ser focalizada em Cristo. Estamos entrando nos dias do Reino e não podemos ser motivados pela carne. De alguma maneira, precisamos ver o amor se estender até um lindo plano e vê-lo realmente sendo canalizado em Deus. O amor é uma força motivadora. Assim que você tiver a intensidade do amor, você deve colocá-lo em prática. Há pessoas que dizem que amam a Deus e estão correndo em todas as direções, isso acontece porque alguém não as canalizou na direção certa. Uma locomotiva pode ser muito possante, mas não irá a lugar algum se não houver trilhos para ela se mover. Só assim o motor pode funcionar e impulsioná-la, levando-a onde ela deve ir. O mesmo é verdade com relação ao seu amor e motivação por Deus; esse amor tem que ser canalizado n’Ele; não pode se mover em qualquer direção.

É muito importante que eliminemos a motivação negativa e nos determinemos a não sermos motivados pelo medo. No amor não existe medo, mas o “perfeito amor lança fora o medo”.

Quando queremos servir ao Senhor com todo o nosso coração, e nos determinamos a amá-LO e abrir os nossos corações para Ele, então o perfeito amor elimina o medo. O amor é uma emoção abençoada e permanente, envolvendo uma variedade de experiências e relacionamentos. Se você estiver profundamente ciumento de uma pessoa a quem você ama, ou você acha que existem momentos em que o amor parece ser um tormento para você, então, cuidadosamente analise o seu amor, pois ele não está ainda aperfeiçoado. Ele pode ter possibilidades, porque o amor de Deus pode ser aperfeiçoado dentro de nós.

Continua...

 

voltar para Pérolas Diárias

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||