1 - A Cruz Inverte a Lei da Gravidade

“Disseram os discípulos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos contigo é estreito demais para nós. Vamos, pois, até o Jordão, tomemos de lá, cada um de nós uma viga, e construamos um lugar em que habitemos. Respondeu ele: Ide. Disse um: Serve-te de ires com os teus servos. Ele tornou: Eu irei. E foi com eles. Chegados ao Jordão, cortaram MADEIRA. Sucedeu que, enquanto um deles derrubava um tronco, o machado caiu na água; ele gritou, e disse: Ai ! meu senhor ! porque era emprestado.” (2 Reis 6:1-5). Isto aconteceu no começo da Idade do ferro nesta subdivisão de Canaã. Naqueles dias, ferramentas de metal eram tão raras que só os reis levavam uma espada para a batalha. Até mesmo os arados e os apetrechos agrícolas eram feitos de madeira-de-lei (madeira dura). Um machado era algo raro e os filhos dos profetas perderam o que eles tinham tomado emprestado.

 

“Perguntou o homem de Deus: Onde caiu? Mostrou-lhe ele o lugar. Então Eliseu cortou um pau, lançou-o ali, fez flutuar o ferro, e disse: Levanta-o. Estendeu ele a mão e o tomou.” (versículos 6-7). O profeta fez o ferro flutuar, lançando um pau na água. Este relato tem um significado espiritual que não podemos perder de vista. O milagre que irá mudar o poder que a nossa natureza carnal tem de nos puxar para baixo será a cruz de Cristo lançada em nossa vida.

As águas no deserto de Mara estavam tão amargas que Moisés teve que cortar uma árvore e jogá-la nas águas para que fossem curadas (Êxodo 15:23-26). Isto simboliza a obra da cruz na nossa vida.

Você perceberá sempre a atração da gravidade: a velha natureza carnal lhe puxando para baixo. A carne milita contra o espírito (Gálatas 5:17). Mesmo sendo um cristão, você irá sentir a pressão da futilidade, do assalto satânico, problemas, desencorajamento e hostilidade que virão sobre você. O desencorajamento lhe sobrevem porque você olha para as suas circunstâncias ou para as suas finanças e elas não são animadoras. O que poderia impedir que você se tornasse tão desencorajado consigo mesmo a ponto de entrar num vale de derrota? Há alguma coisa que possa mudar esta força? Sim, a obra da cruz. Deus deseja desafiar a gravidade e invertê-la para você, para que, ao invés de sua natureza ser puxada para baixo ela seja atraída para cima.

Você acha mais fácil relaxar-se e se divertir do que gastar horas intercedendo por um fardo que você tenha?

As coisas do Espírito ainda são uma disciplina para a maioria dos cristãos e eles não as fazem prontamente. Eles têm que se disciplinar para executá-las, mas os prazeres do mundo parecem vir naturalmente. Isto é exercer atração para uma posição inferior. Se eles permitirem que suas vidas sigam seu curso normal, logo descobrirão que precisam buscar o Senhor porque suas vidas estão em um nível muito baixo.

Você não se torna espiritual automaticamente. O que é preciso fazer para perder Deus? Nada. Simplesmente deixe que a gravidade natural lhe puxe para baixo. “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos.” (Mateus 24:12). O poder do pecado ao seu redor, o poder de uma era perversa lhe puxará para baixo. Haverá mudança algum dia?  Sim, “a casa do Senhor será estabelecida acima dos montes, e todos os povos afluirão para ela.” (Isaías 2:2). Ao invés de uma tração descendente, haverá uma tração ascendente nos dias que estão bem à nossa frente. Ao invés de ser derrotado pela hostilidade e futilidade das circunstâncias, o ferro irá flutuar e o seu desejo de crescer e fazer a vontade de Deus será cumprido. Isto se efetuará através da obra da cruz em sua vida.

“Digo, porém: Andai no Espírito, e jamais satisfareis à concupiscência da carne.” (Gálatas 5:16). Uma pessoa pode dizer que estava caminhando com Deus, adorando e servindo ao Senhor, quando um dia foi vencida pela tentação e perdeu Deus completamente . Tal pessoa está enganando a si mesma. Se você, de fato, está andando no Espírito, isto não lhe acontece. Apenas acontece quando você cessa de andar no Espírito. Quando não estiver adorando, ouvindo o Senhor, nem crendo na Sua Palavra, então você estará em perigo espiritual. Você não perde sua posição em Deus quando deixa de caminhar no Espírito. Se andar no Espírito, você não satisfará os desejos da carne. Primeiro você pára de caminhar no Espírito, e, depois, entra em apuros.

“Porque toda lei se cumpre em um só preceito, a saber: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vêde que não sejais mutuamente destruídos. Digo, porém: Andai no Espírito, e jamais satisfareis à concupiscência da carne. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que porventura seja do vosso querer. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei.” (Gálatas 5:14-18).

Quando caminha no Espírito, você não está sob a condenação e a força da lei. Alguém que se move no Espírito e tem o amor de Deus fluindo através dele, não precisa ser ordenado a não matar, pois, de qualquer forma ele não o faria. A lei não se aplica àquele que esteja andando no Espírito, porque ele está funcionando num nível mais alto. Mas ao caminhar na carne, a lei lhe será aplicada a todo momento. Ande no Espírito, e você não satisfará os desejos da carne. Quando vive no Espírito, você não está sob a lei.      

Quando satélites são lançados a grande distância no espaço, a gravidade deixa de ter influência sobre eles. Teoricamente, eles irão voar por toda parte para sempre porque estão tão altos que a força da gravidade não os afeta. Se vivermos nos lugares celestiais e andarmos no Espírito, a força da gravidade da carne deixará de existir para nós. O milagre do machado é uma amostra do nível espiritual de Eliseu. Ele foi capaz de inverter a gravidade e fazer o ferro flutuar.

Deus estará com você e o ajudará sob a condição de você se submeter à obra da cruz em sua vida. “E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.” (Gálatas 5:24). Você dá um basta para a carne porque crê que Deus vai lhe conceder uma experiência profunda da obra da cruz.

“Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.”(Gálatas 6:14). Paulo está falando de uma morte recíproca (você morre para o mundo e o mundo morre para você pela cruz – morte – com Cristo. O mundo não lhe atrairá mais e você sai da esfera de ação gravitacional do mundo do pecado).

Você percebeu que o mundo morreu para você? Houve o tempo que você era atraído por suas coisas atraentes e fascinantes. Mas, à medida que começou a caminhar com Deus e a experimentar a obra da cruz em sua vida, as coisas pelas quais se sentia atraído começaram a morrer; o poder de influência e atração do mundo não mais o afetaram. O mundo todo é baseado numa beleza ilusória. “Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.” (1 João 2:16-17).

Nós temos que ser justos diante de Deus e viver no Espírito. Temos que passar por uma crucificação recíproca, onde o mundo é crucificado para nós, e nós somos crucificados para o mundo. Nós olhamos para o mundo e ele está morto para nós e nós mortos para ele. Não mais somos atraídos por shows ou bailes, nem sentimos o desejo de roubar, matar ou usar drogas ou álcool para nos ajudar a encararmos a vida. Tudo isso são recursos utilizados por aqueles que estão no mundo, mas nós temos tido os nossos desejos transformados. Nos encontramos desejosos em fazer outras coisas. Hoje, queremos abençoar o nosso irmão. Ao invés de tomarmos dele o que lhe pertence, nós o ajudamos e damos a ele. A força da gravidade tem se invertido para nós. “Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado”. (Efésios 4:28).

As pessoas do mundo pensam que somos loucos. No mundo ninguém faz nada de graça; todos têm um motivo egoísta em suas ações e esperam sempre a paga pelo que fazem. Mas de graça nós damos, sem nenhuma condição ou restrição.

Saberemos que a força da gravidade do mundo foi invertida para nós, quando chegarmos ao ponto em que apenas desejaremos dar e ser uma bênção uns para os outros. O egoísmo, luxúria e aquele amor do mundo estarão mortos. O mundo estará morto para nós, e, absolutamente nada nele irá nos influenciar ou atrair. Nós somos mortos para o mundo para que possamos viver para Deus.

A sua crucificação não é apenas para se identificar com Cristo, ela é uma experiência idêntica com Cristo. Lance a cruz na sua vida, como Eliseu fez com o pedaço de madeira. Ela irá inverter a depressão e desencorajamento que facilmente vêm contra você, puxando-o para baixo.

Este milagre de Eliseu eliminou um dos problemas que um profeta passa: quando circunstâncias adversas e sua força sobre nossa vida para nos atrair para baixo. Não precisamos mais andar derrotados e desencorajados. Vamos inverter esta força de gravidade negativa, permitindo que a atração ascendente comece a operar em nossa vida, levando-nos a caminhar no Espírito. Isto pode ser feito muito facilmente. Aquilo de que nos alimentarmos é que irá controlar a nossa vida. Quando andamos no Espírito, não satisfazemos os desejos da carne. “Pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia para a sua própria carne, da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito, do Espírito colherá vida eterna”(Gálatas 6:7b-8). Isto foi escrito para os cristãos e não para os pecadores. Um pecador não pode semear para o Espírito; ele não sabe nada sobre o Espírito. Seu espírito está morto. Ele não colhe corrupção, pois já está na corrupção e está morto. O cristão é quem irá determinar o resultado que terá em sua vida pela maneira em que crê e experimenta a cruz. Deus nos conceda caminharmos de glória em glória constante, como pelo Espírito do Senhor. (2 Coríntios 3:18). 

 

www.reinonet.com.br
ReinoNet: Seu Portal da Restauração e das Pérolas do Reino
Email:  reinonet@reinonet.com.br

 

voltar para Pérolas Diárias

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||