32. Tabernáculos: Lustre Seu Sonho

LUSTRE SEU SONHO

(Mensagem da Festa dos Tabernáculos)

A descrição da Festa dos Tabernáculos em Levítico 23 pode abrir os nossos corações para sonhar sonhos, exatamente como se nós estivéssemos nos tempos do Antigo Testamento celebrando a festa. Algumas das outras festas descritas neste capítulo eram bem simples e curtas.  A Festa das Trombetas, o Dia da Expiação e a Festa do Pentecostes duravam apenas um ou dois dias. Entretanto, a Festa dos Tabernáculos, a Festa da Páscoa e a Festa dos Pães Asmos duravam vários dias. É necessário um pouco de tempo para que as verdades destas festas transponham progressivamente a barreira da nossa percepção e consciência.  Nós temos que meditar nelas durante algum tempo, antes que possam se infiltrar em nosso ser.  Isto não acontece da noite para o dia.  Por esta razão, o Senhor disse aos filhos de Israel para deixarem seu modo rotineiro de vida por alguns dias, durante a Festa dos Tabernáculos e habitarem em pequenas tendas, como aquelas nas quais seus antepassados viveram quando vaguearam pelo deserto.

A Festa dos Tabernáculos deveria se tornar uma experiência espiritual para os que crêem hoje. Tal experiência deveria ser dada como uma prescrição para aqueles que estão enfrentando problemas. Quando as pessoas são confrontadas por problemas, elas geralmente se tornam absorvidas por seu rancor e murmuração e atitudes negativas tomam conta de seus espíritos. Maridos e esposas geralmente começam a se irritar um com o outro quando as tensões e pressões dos problemas se levantam.  Quão abençoada é a pessoa que não murmura, nem se queixa ou luta quando enfrenta problemas, pelo contrário, ela proclama a sua confiança e fé no Senhor.  Josafá foi assim.  Embora tenha sentido medo, quando viu os exércitos inimigos, invadindo Judá para expulsar o povo de sua herança, ele se pôs a buscar ao Senhor (II Cr 20).

Você pode encarar um problema atrás do outro até sentir que simplesmente não há resposta e você não sabe que caminho seguir. Então deveria entrar novamente num período como a Festa dos Tabernáculos e passar vários dias apenas meditando sobre o começo da obra de Deus na sua vida - os dias nos quais Ele começou a lhe tirar da escravidão, os dias em que Ele lhe ensinou a sonhar. Aprenda a sonhar novamente. Sonhos têm um modo de se transformarem em pesadelos quando surgem as pressões. As pressões podem se tornar mais importantes do que os sonhos. Aprenda a acordar pela manhã meditando na sua confiança no Senhor. Mantenha os seus sonhos vivos. Dê um passo a cada dia em direção ao cumprimento deles, crendo em Deus que você pode se mover em direção a eles.

É lamentável quando seus relacionamentos com Deus e uns com os outros se tornam desgastados por causa das pressões ou negligências ou por não valorizá-los.  É necessário que haja vezes quando todos numa família se assentem num canto por meio dia para meditar e sonhar. Então quando saírem do seu canto não será para brigar, mas para tornarem-se familiarizados novamente. Seria óbvio que uma vez que vivessem juntos, que conhecessem um ao outro. No entanto, o lugar mais fácil para as pessoas tornarem-se estranhas é num mesmo lar. Quando você está constantemente na mesma casa com outra pessoa, começa a sentir que aquela pessoa não o entende, nem o que você está atravessando. E provavelmente isso seja verdade. Você provavelmente também desenvolve uma inconsciência.

Uma vez por ano, na Palestina, a Festa dos Tabernáculos era uma boa oportunidade para as pessoas quebrarem suas rotinas. Elas geralmente construíam pequenas cabanas no terraço de suas casas e habitavam lá. No começo elas provavelmente resmungavam ou queixavam-se por deixarem suas camas confortáveis, até que Deus começasse a encontrá-las. Hoje seria bom para você também sair da sua rotina e buscar ao Senhor. Se você o fizer não demorará muito até que você sinta novamente que está num caminhar progressivo com Deus e que Ele o ama. Você precisa ser renovado na consciência do que Deus está fazendo.

Reavivamentos que aconteciam  a cada primavera e outono eram eficazes de alguma maneira, no passado, porque as pessoas experimentavam a salvação novamente. O evangelista fazia-as sentirem-se como se fossem pecadoras que precisavam se converter de novo. Você não precisa disso. Essa é uma correlação errada com a experiência espiritual do Dia da Expiação, que prepara você para os dias de tabernacular com o Senhor. Você precisa crer em Deus; arrependa-se de tudo o que estiver errado, onde quer que você tenha falhado e, então entre em um período em que você se recorda novamente dos dias da Sua presença, quando Ele pela primeira vez tabernaculou com você.  Aprenda a sonhar humildemente em Deus, novamente.

Uma das maiores profecias de Joel afirma: “Vossos velhos sonharão” (Joel 2:28). Pois um velho sonhar é contrário à natureza, as pessoas tendem a parar de sonhar à medida que os anos avançam. Ou os sonhos parecem inatingíveis e são finalmente descartados ou alguma coisa acontece para impedir que se cumpram. Não se esqueça de como sonhar. Aprenda a agarrar o seu sonho e a crer que Deus ainda pode cumprir o que você vislumbrou no início, quando olhou para Ele. Os velhos têm que continuar sonhando os sonhos de Deus. Joel também profetizou: “Vossos jovens terão visões”. Isto é bom, mas os jovens têm que aprender a sonhar também.  Quando alguém começa a murmurar e a se queixar é evidente que alguma coisa está errada no seu mecanismo de sonhar. A pessoa não tem tido esperança em Deus. Coloque a sua esperança e a sua confiança em Deus.

É muito importante que você esteja interessado acerca da interação do Corpo de Cristo. Existe um inter-relacionamento tal entre os membros, que a maneira como você reage afeta a maneira de reagir do seu irmão. Considere suas próprias reações tanto quanto as de outras pessoas. É impressionante como a escravidão de um indivíduo afeta outro, e como a libertação de um membro afeta outro que está debaixo de escravidão. Pode haver situações nas quais uma pessoa que está debaixo de uma profunda escravidão, enfrente um impasse tal que não consiga vencê-lo. Mas quando alguém mais entra em uma libertação, ela a experimenta também. Nossa liberdade não é algo que desfrutamos individualmente; nossa liberdade é algo que desfrutamos coletivamente. Ou estamos todos livres, ou estamos todos aprisionados.

Cada membro participa na unidade do Corpo, por causa da interação envolvida. Se alguma coisa repousa sobre alguém, todos compartilharão isso. Nada pode ser escondido no Corpo. Se todos estão experimentando os tratamentos de Deus e um membro rompe em uma nova vitória, todos irão experimentar aquele nível de vitória. Todos a compartilharão. Se você parece estar indo bem com uma medida de vitória, deveria buscar uma vitória maior. Embora não sinta a necessidade de mais vitória, outros precisam sentir a vitória maior que você estará experimentando. O nível espiritual do Corpo cresce desta maneira.

Levítico 23 descreve todas as Festas que os judeus deveriam guardar durante o ano. Começando com o versículo 33, nós lemos sobre a Festa dos Tabernáculos:“Disse mais o Senhor a Moisés: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo, será a festa dos Tabernáculos ao Senhor, por sete dias. Ao primeiro dia haverá santa convocação; nenhuma obra servil fareis” (versículos 33-35).

Como o povo deveria exatamente celebrar esta festa?  “No primeiro dia tomareis para vós outros fruto de árvores formosas, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas e salgueiros de ribeiras; e, por sete dias, vos alegrareis perante o Senhor vosso Deus. Celebrareis esta como festa ao Senhor por sete dias cada ano; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações; no mês sétimo a celebrareis. Sete dias habitareis em tendas de ramos; todos os naturais em Israel habitarão em tendas; para que  saibam as vossas gerações  que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito.  Eu sou o Senhor vosso Deus. Assim declarou Moisés as festas fixas do Senhor aos filhos de Israel” (versículos 40-44). Cada festa era um evento fixo.

Qualquer um que quiser um encontro com Deus pode tê-lo. Um encontro com Deus não depende de certas ações, tais como jejum e oração. Ter um encontro com Deus é uma simples questão de consciência. Muitas vezes as pessoas oram e oram, mas elas não conseguem ouvir a Deus e desejam saber onde Ele está. O tempo todo Deus está bem aí e Ele está falando, mas elas não estão ouvindo.

É errado pensar que você sobrevive apenas indo de uma experiência após a outra, tendo um encontro com Deus a cada seis meses ou coisa parecida. Você pode estar sempre consciente de Deus se você apenas se lembrar de uma ocasião, quando esteve em uma situação difícil e da maneira como Deus finalmente o encontrou. Se você estudar como Deus lhe encontrou, perceberá que não foi tanto uma questão de Deus encontrá-lo quanto o fato de você ter se aberto para uma percepção d’Ele.

A consciência do Senhor é exatamente o que os israelitas estavam praticando quando celebravam a Festa dos Tabernáculos. Por oito dias eles abandonavam suas maneiras rotineiras de viver para chegarem-se diante do Senhor, mas seus meios de subsistência ainda estavam lá quando eles retornavam. A festa começava no primeiro dia com um sábado de descanso ao Senhor e terminava no oitavo dia com um sábado de descanso ao Senhor. Deveria haver uma total libertação de suas tarefas diárias. Você também deveria mudar drasticamente seu padrão de vida e sua rotina, porque você não pode se mover em alguma coisa nova em Deus até que pare com o que está fazendo e olhe para Ele.

Você pode entender porque a Festa dos Tabernáculos era um período tão eficaz?  Era o período da colheita, um tempo de ações de graça e de reunir todos alegremente. No meio de tudo isso, havia um tremendo rejuvenescimento do espírito entre o povo de Deus. Eles eram todos renovados porque seguiam uma fórmula simples.  Isso pode ser comparado a seguir uma combinação certa de números para se abrir um cofre. Se você girar para o número errado, nada acontece. Deus tem a combinação certa para você abrir a porta para a verdadeira bênção. Permita que haja períodos quando você permanece na tenda com o Senhor. Primeiro alimente-se da Sua Palavra viva, depois gaste umas boas duas horas sem ouvir ninguém mais, ainda que tenha que colocar tampões nos seus ouvidos. Logo você se tornará consciente de que o Senhor falou com você. Enquanto espera no Senhor, Ele o renovará. Aprenda a sintonizar em Deus. Limpe os seus ouvidos espirituais para que possa ouvir o que o Espírito está dizendo. Deixe Deus começar a lhe falar. Se você não der oportunidade para isto acontecer, então os seus sonhos se azedarão.

O que faz as pessoas murmurarem e queixarem-se? Seus sonhos estão fermentando e elas passam a ter azia espiritual. Seus sonhos não estão sendo digeridos no processo de tornarem-se realidade em suas vidas. Portanto, elas têm que retornar aos sonhos e visões que Deus as deu no começo, quando inicialmente Ele as abriu para uma consciência de Si mesmo. Onde quer que haja amargura de espírito, é porque algum lindo sonho não foi misturado com fé para ser assimilado naquela vida. Um lindo sonho que se azeda na sua vida, provoca muito desgosto.

Há alguma coisa errada com você agora? Você está com azia espiritual, você precisa desta renovação? Determine-se a sair da rotina e busque ao Senhor. Determine-se a andar com Ele hoje. Você precisa de períodos para esperar no Senhor. Estenda-se ao Senhor em busca de renovação. Isto não é uma questão de quanto trabalho você faz, é uma questão de como você vem para descansar diante do Senhor e se apropriar desta renovação. Suas visões e sonhos não podem falhar. Quando Deus coloca pressões sobre você, ou seus sonhos se azedarão ou darão lugar para você andar no cumprimento deles. Você terá que esperar no Senhor. Você terá que se estender para aquelas esperanças, visões e sonhos que Deus despertou na sua mente.

Mantenha o seu relacionamento afinado com o Senhor. Uma das melhores ilustrações disso é o relacionamento de um homem e sua esposa. Quando eles se casam, estão ansiosamente antecipando suas vidas juntos, mas depois de um tempo atritos podem surgir. Por causa de seus diferentes modos de vida, eles podem descobrir que alguns ajustes devem ser feitos, de maneira que uma rotina possa ser mantida na administração doméstica. Porque eles se amam deveria ser fácil as mudanças acontecerem. O amor inicia mudanças, mas amor apenas não é suficiente. Amor inclui uma fé. Amor tem que ter fé. Quando duas pessoas se casam, elas têm que amar com uma fé que prevê o relacionamento delas. É aí que os sonhos se tornam eficazes.

Você pode começar com um sonho, mas depois de um tempo percebe que nada foi feito para tornar este sonho em realidade. Se você não está dando passos em direção a este sonho, ele se tornará um pesadelo. Então à medida que atritos e tensões surgem, você começa a murmurar, a se queixar e a se retrair. Você sente que o que está lhe acontecendo não é bom. Tudo isso acontece porque estas reações estão dentro de você, portanto, não pode culpar os outros. Se tomasse tranqüilizante, aqueles que você pensava serem hostis a você de repente pareceriam ser bonzinhos. Mas é preciso entender que o problema está em você, porque a sua fé não está se estendendo e apropriando o que o Senhor tem para a sua vida.

Um período de tabernacular com Deus é uma oportunidade para lustrar seus sonhos e retirar o embaçamento. É uma maneira de colocar o seu espírito em funcionamento novamente.  Um sonho ou é algo que você vive ou algo que se torna uma morte vagarosa para você. Muitas pessoas que têm caminhado com Deus repentinamente, descobrem-se em verdadeiros problemas no seu caminhar. Embora tenham ouvido verdades maravilhosas que são chaves para o Reino, estão tendo problemas em andar nelas, porque estão se tornando insensíveis a elas. Elas não estão mais reagindo em fé para trazê-las ao cumprimento. Portanto pensam: “Por que  eu deveria ter mais sonhos?  Por que preciso de mais sermões? Eu tenho vários sermões não digeridos, parados no meu estômago bem agora”. Então começam a se afastar. Feliz é a pessoa que ouve o que Deus está dizendo e luta para manter o seu relacionamento com o Senhor bem vivo.

Não pode haver um bom relacionamento entre você e Deus, ou entre outra pessoa e você, sem esperança que é o que realmente um sonho significa. Quando você tenta visualizar as suas esperanças, como uma jovem que visualiza um cavaleiro sobre um cavalo branco, o seu espírito começa a se estender. A esperança que está no seu subconsciente, faz com que você comece a formar um pequeno sonho. No seu sonho tudo é maravilhoso e belo.  Quando você pensa nele, começa a crer. Logo todo o seu ser se torna motivado em ver aquele sonho se realizar. É o tempo de lustrar os sonhos e seus relacionamentos. Deixe a esperança dentro de você começar a proclamar: “Não está apenas no meu coração que as coisas vão melhorar, mas a Palavra de Deus declarou que elas serão perfeitas. Tudo será exatamente da maneira que o Senhor disse que seria”. Quão maravilhoso pode ser andar com Deus e dizer: “Nenhuma das promessas que Ele fez falhou. Todas se cumpriram” (Js 21:45).  Não são muitos os homens que podem dizer isso em sua existência.  E é por isso que os velhos têm que sonhar.

As melhores coisas que acontecem, não acontecem apenas com os jovens. Alguns dos maiores eventos nas Escrituras aconteceram com pessoas velhas, mas todas elas eram pessoas que ainda estavam sonhando seus sonhos.  Elas tinham fé como a de Josué e Calebe. Pense sobre o que era tabernacular com Deus nos dias de Josué e Calebe. Algumas das pessoas resmungavam no deserto. Outras resmungavam com a dificuldade do caminho. Mas alguns, como Josué e Calebe, estavam olhando para as montanhas ao longe e pensando sobre o dia em que eles possuiriam a terra. Eles sabiam que estavam tabernaculando a caminho do cumprimento. Cada dia que eles viveram em suas pequenas cabanas diante do Senhor, eles viveram antegozando a posse de Canaã.

Cada dia que nós celebramos a festa espiritual de Tabernáculos, fazemos com esperança, fazemos com um sonho intenso, vivo. Nós não estamos aonde estávamos, nem onde estaremos também. Nós estamos viajando, estamos a caminho. Nossas esperanças e expectativas serão satisfeitas. Nós teremos tudo. Todas as promessas serão nossas.

É hora de se livrar dos sonhos azedos. Que a sua esperança e expectativa estejam no Senhor. Jogue fora o lixo - a murmuração e queixumes, as dúvidas e medos, os pesadelos espirituais. Livre-se de tudo isso. Se estenda para o Senhor e seja renovado na Sua presença. Espere no Senhor até que você esteja radiante, com sonhos vivos e frescos.

Aqueles que têm andado com Deus por muitos anos, devem continuar sem desapontamentos. Eles ainda têm que ter os seus sonhos. Se os velhos continuam sonhando é porque esses sonhos têm se tornado uma realidade em seus corações. Nenhum atraso muda a visão deles da hora do cumprimento, que é tão certa e positiva quanto a Palavra que eles têm crido.

 

voltar para Páscoa... Tabernáculos

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||