04. A Fé Que Cura a Ansiedade

Texto básico:

“Rogo igualmente aos jovens:... lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1Pe 5:5-11).

A medicina tem identificado vários males provocados pela ansiedade, podemos citar alguns, como: insônia que, inclusive, pode contribuir para o estado clínico geral de estafa; distúrbios gástricos como azia e úlceras; dificuldade de concentração; irritação, pelo fato da pessoa ficar impaciente; dentre outros.

A ansiedade não é um problema apenas dos jovens, mas também de adultos e pessoas idosas. Entretanto, estamos direcionando esta Palavra para os jovens, pelo fato da ansiedade ser muito freqüente nesta fase da vida.

Quando se tem uma coisa muito importante para se fazer no dia seguinte, a mente se inqueita, surgem pensamentos diversos, a maioria das vezes sem sentido, e que tomam conta da pessoa. À noite, ao dormir, a pessoa rola na cama de um lado para o outro - alguém já disse que é como fritar bife, “vira-se várias vezes de um lado para o outro”. Os pensamentos de preocupação excitam os sentimentos que, por sua vez, afetam o sistema nervoso e pode até, com o tempo, provocar problemas de saúde. Perceba, por este exemplo, que a ansiedade pode ter sua causa nas preocupações, levando o indivíduo ao descontrole emocional e, em seguida, excitação mental e nervosa, provocando os sintomas que vimos anteriormente.

Em Pv 12:25 está escrito:

“A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra”.

O versículo confirma que a ansiedade diminui a resistência das pessoas, traz o abatimento físico, emocional e até espiritual, quando esta é causada pela falta de fé.

Pelo visto, chegamos a identificar as causas da ansiedade. Sabemos que “um espírito discernido, é um espírito julgado”, ou que a identificação da causa de uma doença é o primeiro passo para o tratamento adequado. Esta verdade se aplica ao que vimos anteriormente, ou seja, uma vez identificada as causas da ansiedade, já estamos a meio caminho andado para a solução deste inquietante problema. Vamos, portanto, buscar na Palavra a solução definitiva para esta dificuldade. Para tanto, estudaremos três textos básicos, que você deve acompanhar na sua Bíblia, memorizá-los, meditar sobre eles e pedir para o Senhor torná-los vivos para você. Vamos lá, então?

A primeira passagem é 1Pe 5:5-11. Aqui o apóstolo Pedro escreve para os jovens uma admoestação muito importante, a respeito da ansiedade. Noversículo 7 ele revela o primeiro princípio para a cura da ansiedade:

“... lançando sobre ele" (Deus, o Pai) "toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

A palavra grega traduzida por ansiedade é “merimna” e significa também “estar indevidamente preocupado” o que associa a ansiedade a um estado de excitação mental, porém, esta palavra pode ser traduzida por “inquietação”, que associa a ansiedade também aos sentimentos desordenados. Assim sendo, concluimos que a ansiedade tem duas causas e que estão interligadas, pode ser originada por uma preocupação que causa descontrole emocional, ou o inverso, um problema emocional que causa preocupações. Em ambos os casos, porém, o sistema nervoso pode ser afetado, causando problemas físicos como gastrite e a conseqüente úlcera. A ansiedade também pode afetar a fé de um cristão.

Pedro parecia saber muito bem do que estava falando para os jovens. Segundo podemos entender pelos relatos bíblicos sobre alguns de seus comportamentos, notamos que Pedro não só era uma pessoa impulsiva e temperamental, como também ansiosa. Aliás, por trás das atitudes impulsivas e sentimentos de inquietação, se escondia uma personalidade ansiosa, que o induzia a tomar atitudes precipitadas e que, em muitos casos, tinha que se retratar, voltar atrás (cf. Mt 14:28-32; Jo 18:10-11; Mt 26:69-75).

Pelo visto, as causas mais profundas da ansiedade parecem ser a insegurança e o medo. Por que, ao fazer-se uma prova na escola vem o “branco” ou esquecimento, ou quando se vai ter uma conversa importante, ou mesmo uma entrevista para ser admitido em um trabalho, tudo se torna mais difícil por causa da ansiedade? Por trás do sintoma da ansiedade está a insegurança e o medo; medo de tirar nota baixa, de ser reprovado, de não ser aceito no trabalho, de ficar desempregado e do que as pessoas irão pensar a seu respeito. Nestes, e outros casos, precisamos permitir que o Espírito Santo sonde nossos corações para ver se não há raízes de medo e insegurança por detrás de todos os fatos que nos causam ansiedade.

Agora você pode compreender e aplicar a Palavra, que Pedro nos mostra no versículo acima, para a cura da ansiedade. Aprenda a lançar sobre Deus todas as suas preocupações e inseguranças. Observe que a Palavra fala de toda a ansiedade, sejam elas quais forem. Você deve confessar ao Pai, verbalizar em oração, tudo o que lhe causa preocupação e ansiedade. Esta atitude implica em ter confiança e  nEle. Toda insegurança e medo será curada pela fé que você deposita no AMOR de Deus. Como conseqüência, seu coração se encherá de paz por causa da certeza de que Ele está cuidando de você. Esta disposição de fé lhe trará tranquilidade de pensamentos e sentimentos e, ainda, cura da ansiedade.

Vamos analisar agora outras passagens bíblicas que lançam mais LUZ sobre o que vínhamos tratando.

Leia atentamente o texto de Mt 6:25-34, que trata da questão das solicitudes e inquietações da vida.

As solicitações da vida são as maiores causas de preocupações que vêm sobre as pessoas. A luta pela sobrevivência tem levado pessoas a matar, roubar, desesperar-se, angustiar-se, mentir e afastar-se de Deus. Neste ensinamento, que faz parte do Sermão do Monte (ou do Reino), Jesus mostra claramente que a ansiedade é causada pela pequena fé e falta de confiança no Pai Celeste. A ansiedade, causada pelas coisas desta vida, é justificada apenas nos gentios, ou seja, é aceitável em pessoas que não conhecem a Deus e a Sua GRAÇA. Porém, quanto ao cristão, é inaceitável, por ser fruto da falta de fé.

Em seu ensinamento, Jesus convida-nos a “observar” as aves dos céus..., “considerar” como crescem os lírios dos campos e conclui:

“Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé? Portanto não vos inquieteis ...”

Este pensamento e atitude de fé, na certeza de que Deus está cuidando de você, lhe cura de toda ansiedade.

Por fim, nos versículos 33 e 34 Jesus acrescenta duas verdades importantes quanto a este assunto. Primeiramente, Ele propõe uma “troca”: pede-nos para direcionar todos os nossos esforços e dedicação para o Reino de Deus e, como demonstração de fidelidade à Sua Palavra, promete-nos que o Pai nos acrescentará todas as coisas. Podemos traduzir estes versículos da seguinte maneira: “Dedique-se inteiramente a cuidar das coisas concernentes ao Reino de meu Pai e, então, Ele cuidará de suprir todas as suas necessidades com respeito à sua vida natural”.

A outra verdade que Jesus nos mostra, no texto do Sermão do Reino, é que devemos viver o presente, deixando de lado toda a inquietação que o amanhã possa trazer-nos. Portanto, viva e sirva ao Senhor hoje, planos só segundo uma revelação ou direção sábia.

"O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor (Pv 16:1).

"Os planos mediante conselhos têm bom êxito..." (Pv 20:18a).

Fp 4:4-7 é a última passagem que estudaremos e que trata sobre o problema da ansiedade. Vamos analisá-la, versículo por versículo, pois há muito para aprendermos:

“ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR; OUTRA VEZ DIGO, ALEGRAI-VOS”

Cultivar sempre a alegria do Senhor, independente das circunstâncias, é a primeira verdade que Paulo nos ensina para sermos curados das preocupações e conseqüente ansiedade. Porém, não basta apenas uma dose simples de alegria, mas alegria sobre alegria. Isso significa um gozo constante que flui de um espírito adorador. A alegria do Senhor é a nossa força, dela flui vida, saúde e tranquilidade (cf. Ne 8:10Pv 17:22Sl 4:7,8- com a alegria que nos é dada por Deus teremos paz e sono tranquilo; Rm 14:17 - temos paz e alegria vivendo o Reino de Deus -; Sl 16:11 e Jo 16:22).

“SEJA A VOSSA MODERAÇÃO CONHECIDA DE TODOS OS HOMENS.

Perto está o Senhor”

A palavra moderação significa equilíbrio ou autocontrole. Paulo está dizendo que a nossa moderação será testemunha para todos os homens de que o Senhor está conosco; nossas atitudes irão manifestar que vivemos a alegria e a paz de Deus. Este versículo também afirma que a moderação surge pela percepção da presença do Senhor conosco, é o que fala aquele velho refrão: “com Cristo no barco tudo vai muito bem”, quando Ele está no barco não tememos a tempestade. O problema surge quando O deixamos adormecido dentro de nós!... (cf. Mt 8:23-27).

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas diante de Deus as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graça. E a PAZ de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus” (Fp 4:6, 7).

Estes dois últimos versículos encerram maravilhosamente tudo o que tratamos a respeito da ansiedade. Primeiramente, Paulo confirma que devemos ser inteiramente abertos e sinceros com o nosso Pai celeste, dando-Lhe acesso a todas as áreas de nossa vida, sem reservas. Devemos confessar-Lhe todas as nossas necessidades, dúvidas, anseios e preocupações, por meio da prática da oração e súplica com ações de graças(eis um bom assunto para vocês estudarem nas reuniões de jovens da sua igreja).

Por fim, Paulo mostra-nos que se andarmos na prática desta Palavra, a PAZ de Deus guardará os nossos corações e mentes. Note que isso está se referindo à cura total da ansiedade. Quando Paulo usa a palavra coração está se referindo aos nossos sentimentos e, ao mencionar a mente, afirma que haverá tranquilidade também para nossos pensamentos.

Agora você pode apropriar-se de paz, tranquilidade e moderação em seu coração e mente, a “tempestade” cessou e você é curado completamente da ansiedade.

Palavra Vivente
Reino Net

voltar para Para Jovens e Adolescentes

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||