01 - Seção I - Os Membros do Corpo de Cristo

MEMBROS DO CORPO DE CRISTO E MEMBROS DA IGREJA LOCAL

Leituras bíblicas:     

I Co 12:12-18; At 2: 36-47; 4: 32-35; 5: 12-14; 11:19-26; Ef 6:1, 2.

Leia estas passagens cuidadosamente, observando a sua relação com a formação do rol de membros da igreja local primitiva.

I.  Significado da Palavra "Igreja".

A palavra grega néo-testamentária "eclésia", é usada cerca de cento e nove vezes; mais de noventa vezes esta palavra se refere à igre aja local. Muitas igrejas locais são mencionadas nas Escrituras, tais como as sete igrejas da Ásia, a igreja na casa de Priscila e Áquila, a igreja de Roma, a igreja de Corinto, etc.. Assim, os padrões e o ensino da igreja local ocupam a maior parte das referências à igreja no Novo Testamento.

O ecumenismo poderá reunir todas as denominações. Quando a Babilônia estiver solidificada dessa forma, tornar-se-á clara para todos os crentes a base não escriturística de tudo isso, exceto a igreja local do Novo Testamento.

II. A Igreja é o Corpo de Jesus Cristo.

    Co 1:18, 24; I Co 12:12; Ef 1: 21-23

A - De todas as referências dadas acima, vemos que o pertencer a uma igreja do Novo Testamento é um estado espiritual e uma relação espiritual. Hoje em dia, o pertencer a uma igreja geralmente degenerou até ser matéria de decisão humana, da mesma forma que pertencer a um clube, em vez de ser Deus "colocando cada um deles no corpo" ou "dispondo os membros".(I Co 12:18).

B - Das referências acima, vemos também que as igrejas primitivas reconheciam o que Deus havia feito nos novos convertidos, colocando-os no Corpo de Cristo. Reconheciam uma "comunhão" e uma "união" que o Espírito já havia criado.

C - Das referências acima, vemos também que os novos convertidos ou membros reconheciam que:

1. Jesus Cristo era o seu Salvador e Senhor;

2. Ele os havia colocado no corpo da igreja local, e dado a eles uma função (ou ministério) ali;

3. Deviam ser submissos à autoridade da igreja local; e

4. Deviam amar, dar, testificar, manter comunhão, unidade, e funcionar no Corpo de Cristo.

III. Procedimento sugerido para receber membros à comunhão da igreja Néo-testamentária local:

De vez em quando, será feita nos cultos a seguinte pergunta: "Quem gostaria de ser recebido à comunhão da igreja, como membro do Corpo?"

Os candidatos seriam então convidados a encontrar-se com um ou mais presbíteros, que os aconselharão e examinarão o seu estado espiritual.

1. Você aceitou Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador?

2. Crê que Deus lhe colocou nesta igreja local?

3. Você sabe o que a igreja ensina?

4. Submeter-se-á à autoridade e disciplina desta igreja local?

 

Seria bom que os candidatos estudassem "Nisto Cremos Firmemente", que se encontra em Razão da Esperança, pois esse esboço inclui o ensino bíblico em que mais tarde poderão tropeçar. Tudo o que não compreendem, pode ser-lhes explicado pelo pastor.

Os presbíteros que interrogarem os candidatos, deverão perguntar-lhes a respeito da sua opinião da igreja local e de seus líderes, para determinar a sua lealdade e dedicação ao que Deus está fazendo em nosso meio. Os presbíteros deverão procurar saber se há alguma razão pela qual os candidatos não possam ser recebidos em comunhão. Estes deverão ser, então, chamados à frente, e os presbíteros poderão impor as mãos sobre eles e abençoá-los.

Na oportunidade em que os novos membros forem reconhecidos no Corpo, deverá também ser reconhecido o estado espiritual e a relação espiritual do novo membro com o resto do corpo de Cristo. Os novos membros devem verificar a sua dedicação e submissão a Cristo, ao resto dos membros, e aos ministros e presbíteros que estão sobre eles, no Senhor. Os membros deverão verificar a responsabilidade que têm, de cuidar dos novos membros.

O Bom Pastor conhece as Suas ovelhas (João 10:14) e as chama pelo nome (v. 3). Se isto é verdade, também cada pastor ou presbítero deve ter uma forma de conhecer todos os que são membros do seu rebanho. Como poderá uma igreja funcionar bem (supervisão dos presbíteros, disciplina e comunhão dos crentes, etc.) sem uma lista atualizada dos membros? Por exemplo, a disciplina da igreja nunca funcionará (I Co 5) se não há maneira de se saber se o ofensor pertence à igreja ou não. O procedimento é simples e claro - At 2:38-41. Eles creram, foram batizados, e foram adicionados à igreja.

Deus tem um registro dos Seus (Lc 10:20; Fl 4:3; Ap 20:15); da mesma forma, não devemos objetar à formação de um fichário simples e bíblico dos membros da igreja local.

Perguntas para Debate:

1. O Corpo de Cristo é diferente da igreja? (Ef 1:21-23).

2. O que significa para você ser membro da igreja local?

3. Em que implica o recebimento de um crente à comunhão da igreja local?

4. Que responsabilidade pesa sobre um membro da igreja local?

5. Que responsabilidade pesa sobre os presbíteros e ministros, pelos membros da igreja local?

6. Que responsabilidade pesa sobre os membros da comunidade, uns pelos outros?

Observações (complementar):

Note alguns textos bíblicos que se refere à Igreja Local nos Lares (Rm 16:1-5; I Co 16:19; Fm 2 e Cl 4:15). E textos bíblicos que associam Igrejas Locais como assembléia de crentes (Ap 1:4; I Co 1:1, 2; Gl 1:2 e I Ts 1:1).

Palavra Vivente

voltar para Igreja do Novo Testamento

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||