34. Estudo da Bíblia (Esboço: III João)

AUTOR: Também esta carta é atribuída ao apóstolo João, também conhecido como apóstolo do amor. Sua data está incluída no período mencionado na segunda epístola.

PROPÓSITO: Seu propósito era evidenciar as atitudes positivas de um presbítero, de nome Gaio, cristão leal e ativo, que possuía bens materiais por ser sua hospitalidade cristã em favor dos ministros viajantes, aos quais ele hospedava em sua residência, quando de passagem por sua cidade, pois de certa forma estava ele cooperando com o ministério daqueles que viajavam pregando e ensinando a Palavra. A epístola também fala do procedimento de certo indivíduo chamado Diótrefes, que agia de forma oposta a de Gaio, não permitindo que os membros da igreja oferecessem hospitalidade aos viajantes da Palavra como fazia Gaio, pois se assim o fizessem ele os expulsaria da igreja.

ESBOÇO PARA ESTUDO:

SAUDAÇÃO A GAIO E RECOMENDAÇÃO,  v. 1-8

(    ) Saudação, v 1,2 – o destinatário é Gaio, que deve ser  o mesmo de I Co 1;14, Rm 16:23, em cuja casa, no tempo de Paulo uma igreja se reunia. Há uma tradição de que ele mais tarde veio a ser escriba de João. Temos aqui uma oração de pessoa muito íntima de Cristo, para que um cristão fosse abençoado tanto no temporal como no espiritual; indicação de que não é erro aos olhos de Cristo alguém possuir bens ou vantagens deste mundo. Mas o mesmo João adverte contra ao amor às cousas deste mundo, I Jo 2:15-17.

(    ) Seu ministério aos irmãos, v. 3-8 – Paulo uns quarenta anos antes, estabelecera igrejas em Éfeso e seus arredores, e tinha de fazer dos convertidos seus os pastores de que precisava. Mais tarde João assumindo o cuidado pastoral dessas igrejas ao que parece, reuniu em torno de si e discipulou grande número de mestres e pastores que o auxiliassem.

LÍDERES CONTRASTADOS, v. 9-12

(    ) O apóstata Diótrefes, v.9-11 – era provavelmente um dos falsos mestres arrogantes referidos em I João. Ele não estava dirigindo a igreja de forma cristã. João adverte que iria e trataria pessoalmente com Diótrefes se isso fosse necessário.

(    ) O bom Demétrio, v.12 – era pessoa de bom procedimento, o qual era visto por todos. O procedimento do cristão deve ser visto pelos da igreja, bem como pelos de fora.

(    ) CONCLUSÃO, v. 13-15 – os ensinamentos dados aqui seriam complementados quando da presença do apóstolo junto àquela comunidade. Solicita ele também seja referida sua saudação a cada irmão individualmente.

 

voltar para Estudos da Bíblia

left show tsN fwR normalcase|left tsN fwR uppercase bsd b01s|left show fwR uppercase bsd b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase c05|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase bsd b01|content-inner||